Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, BAURU, VILA SERRAO, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, Cinema e vídeo, Informática e Internet, Livros em geral
MSN - josilene_sousa@hotmail.com



Histórico
 06/02/2005 a 12/02/2005
 30/01/2005 a 05/02/2005


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Astrologia Profissional
 Revista Eletrônica de Astrologia
 Letras de Musicas
 Profissionais de Astrologia
 Software de Astrologia Profissional
 Bruxaria, Paganismo e Folclore
 antivirus - Housecall
 Panda Antivirus on Line
 Sua Santidade Dalai Lama
 e-messenger
 Truco
 Amiga Vera Lucia Moretto
 Unibanco


"eu não posso te ver, mas sei que está aí..."
 

O Espelho

Alguém, muito desanimado, entrou numa igreja e em determinado momento disse para Deus:
"Senhor, aqui estou porque em igrejas não há espelhos, pois nunca me senti satisfeito com minha aparência".

Subitamente uma folha de papel caiu aos seus pés, vinda do alto do templo.
Atônito, ele a apanhou e nela viu a seguinte mensagem:
Minha criatura, nenhuma das minhas obras veio ou ficou sem beleza, pois a feiúra é invenção dos homens e não minha.

Não importa se um corpo é gordo ou magro:
Ele é o templo do espírito e este é eterno.
Não importa se braços são longos ou curtos:
sua função é o desempenho do trabalho honesto.
Não importa se as mãos são delicadas ou grosseiras:
sua função é dar e receber o Bem.
Não importa a aparência dos pés:
sua função é tomar o rumo do Amor e da Humildade.
Não importa o tipo de cabelo,
e se ele existe ou não numa cabeça:
o que importa são os pensamentos que por ela passam.
Não importa a forma ou a cor dos olhos:
o que importa é que eles vejam o valor da Vida.
Não importa um formato de nariz:
o que importa é inspirar e expirar a Fé.
Não importa se a boca é graciosa ou sem atrativos:
o que importa são as palavras que saem dela.
Ainda atônito, esse alguém dirigiu-se para a porta de saída,
que tinha algumas partes de vidro.
Nesse exato momento sentiu que toda sua vida se modificaria.
Havia esse lembrete na porta aderido:
"Veja com bons olhos seu reflexo neste vidro
e lembre-se de tudo que deixei escrito.
Observe que não há uma única linha sobre Mim que afirme que sou bonito"

Colaboração de Paulo H. Martines

 



Escrito por Josi às 23:18:58
[] [envie esta mensagem]



 minha nenen q já tá com 16 anos!!!!!



Escrito por Josi (F) às 15:07:57
[] [envie esta mensagem]





Escrito por Josilene às 14:49:14
[] [envie esta mensagem]



endereços:

vera-moretto@hotmail.com -http://spaces.msn.com/members/vidaemharmonia/

perolitah@hotmail.com - http://spaces.msn.com/members/perolitahh/

 



Escrito por Josilene às 14:44:02
[] [envie esta mensagem]



 

10/02/2005 - e a história teve seu fim!

Valeu pelo q significou e pelo que poderia ter sido

Uma vez camisa 10, sempre um atacante!

 



Escrito por Josilene às 13:16:13
[] [envie esta mensagem]



45 - tempo - 45 ..... e chega o momento do tempo!!!!!!

“Não dá para acertar num departamento da vida e continuar errando em outro. A vida é um todo indivisível.” Gandhi



Escrito por Josilene às 00:20:08
[] [envie esta mensagem]



Homenagem ao "meu" Meio de campo!



Escrito por Josilene às 19:09:05
[] [envie esta mensagem]



Recordações..... "R"

De: "R"
Para: toque.astral@uol.com.br
Data: 09/02/2005 02:31
Assunto: RE: Podia ter ligado!!!!

'...eu sou  tão simples me faço conduzir pelo que penso...eu vejo anjos"
e acredito que é verdade...

"TE ANJO MUITO"...

....

        ....
              ...

"R"

Lapa -PR



Escrito por Josilene às 19:02:48
[] [envie esta mensagem]



Eu não quero!!!

Eu não quero ter respostas,

não quero ser forte.

não quero ser inteligente.

Quero simplesmente ser uma mulher simples,

com poucos sonhos e feliz!



Escrito por Josilene às 19:00:59
[] [envie esta mensagem]



Gênio Indomável

    

Impossível não assistir, maravilhoso! E pra quem trabalha justamente num lugar com crianças em risco social, é um estimulo e tanto!

seta3.gif (99 bytes) Sinopse
Em Boston, um jovem de 20 anos (Matt Damon) que já teve algumas passagens pela polícia e é servente de uma universidade, revela-se um gênio em matemática e, por determinação legal, precisa fazer terapia, mas nada funciona, pois ele debocha de todos os analistas, até se identificar com um deles.

Premiações
- Ganhou os Oscars de Melhor Ator Coadjuvante (Robin Williams) e Melhor Roteiro Original, além de ter sido indicado em mais 7 categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Matt Damon), Melhor Atriz Coadjuvante (Minnie Driver), Melhor Trilha Sonora, Melhor Canção Original ("Miss Misery") e Melhor Edição.

- Ganhou o Globo de Ouro de Melhor Roteiro, além de ter sido indicado em outras 3 categorias: Melhor Filme - Drama, Melhor Ator (Matt Damon) e Melhor Ator Coadjuvante (Robin Williams).

- Ganhou o Urso de Prata de Melhor Ator (Matt Damon), no Festival de Berlim.



Escrito por Josilene às 00:45:19
[] [envie esta mensagem]



Existe algo q ele não saiba fazer com charme e classe?

 

Sinopse - Dança Comigo?
Há vários anos o advogado John Clark (Richard Gere), especialista em testamentos, leva uma vida rotineira do trabalho para casa e de casa para o trabalho. Apesar de amar sua mulher, Beverly (Susan Sarandon), e seus filhos, John sente que algo está faltando algo em sua vida. Por acaso vê na janela de uma academia Paulina (Jennifer Lopez), uma bela professora de dança. Esperando se aproximar dela, John se matricula na academia. No entanto Paulina rapidamente elimina qualquer possibilidade de envolvimento com John, mas isto não o faz deixar de ir à academia, pois ele acha cada vez mais relaxante e divertido dançar. Entretanto John não se sente à vontade para contar para Beverly, que ao ver mudanças no comportamento do marido contrata um detetive, pois suspeita que ele esteja envolvido com alguém.



Escrito por Josilene às 00:34:15
[] [envie esta mensagem]



Closer - Perto Demais

Uma fotógrafa se casa com um homem, mas mantém um caso secreto com outro. Enquanto isso seu amante usa uma stripper como musa inspiradora para tentar conquistar o amor dela. Dirigido por Mike Nichols (Quem Tem Medo de Virginia Wolf?) e com Julia Roberts, Jude Law, Natalie Portman e Clive Owen no elenco. Recebeu 2 indicações ao Oscar.

Sinopse
Anna (Julia Roberts) é uma fotógrafa bem sucedida, que se divorciou recentemente. Ela conhece e seduz Dan (Jude Law), um aspirante a romancista que ganha a vida escrevendo obituários, mas se casa com Larry (Clive Owen). Dan mantém um caso secreto com Anna mesmo após ela se casar e usa Alice (Natalie Portman), uma stripper, como musa inspiradora para ganhar confiança e tentar conquistar o amor de Anna.



Escrito por Josilene às 00:29:33
[] [envie esta mensagem]



Um amor assim... simples!

Rosas da Sedução: Uma jovem executiva é surpreendida quando recebe no seu trabalho um belo arranjo de flores anônimo. Como seu chefe lhe obrigou a tirar uns dias de descanso, ela aproveita o tempo para descobrir quem é o misterioso admirador. Logo fica sabendo que foi o próprio entregador, quem lhe enviou as flores (na verdade ele é o dono da floricultura). Eles se apaixonam rapidamente, mas acontecimentos no passado de ambos podem prejudicar este relacionamento.



Escrito por Josilene às 00:25:33
[] [envie esta mensagem]



Olha só:

-=|(/)ë¡ö ðë ¢ä(/)Þö|=-



Escrito por Josilene às 00:02:46
[] [envie esta mensagem]



:. Nick Name - Arabe Nick .:

MessBrasil - Tudo Sobre Messenger

Khalid al-Nassaj (eu)

Khalaf al-Qadi (Pérola)

Aws al-Farghani (Enzo)

http://www.messbrasil.com.br/menu/nicks/arabe.htm



Escrito por Josilene às 00:00:08
[] [envie esta mensagem]



Chamas Sempre Acesas - Diva Melo

"...Recebo tuas palavras, calmas,
perfumadas, serenas,
 porque o teu interior é assim.
Mas se queres vir com a força
do fogo, vem.
Deixa tua marca em minha vida,
e perpetua em meu coração..."



Escrito por Josilene às 23:51:27
[] [envie esta mensagem]



Ana Carolina - Eu E Você

Eu e você não é assim tão complicado não é difícil perceber
Quem de nós dois vai dizer que é impossível o amor acontecer
Se eu disser que já nem sinto nada que a estrada sem você e mais
segura
Eu sei você vai rir da minha cara eu já conheço teu sorriso leio
o teu olhar
Teu sorriso e só disfarce que eu já nem preciso

Sinto dizer que eu amo mesmo tá ruim pra disfarçar
Entre nós dois não cabe mais nenhum segredo
Além do que já combinamos
No vão das coisas que a gente disse
Não cabe mais sermos somente amigos
E quando eu falo que eu já nem quero
A frase fica pelo avesso meio na contra mão
E quando finjo que esqueço eu não esqueci nada

E cada fez que fujo eu me aproximo mais eh eh eh
E te perder de vista assim é ruim de mais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro
Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na sua vida

Eu procurei qualquer desculpa pra não te encarar
Pra não dizer de novo e sempre a mesma coisa falar só por falar
Que eu já não to nem aí pra essa conversa
Que a historia de nós dois não me interessa
Se eu tento esconder minhas verdades
Você conhece meu sorriso lê o meu olhar 
Teu sorriso é só disfarce o que eu já nem preciso

E cada fez que fujo eu me aproximo mais eh eh eh
E te perder de vista assim é ruim de mais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro
Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na sua vida



Escrito por Josilene às 23:43:10
[] [envie esta mensagem]



Qual a causa da Solidão? - http://wfera.tripod.com/respostasaoimpossivel/id65.html

 A solidão pode ser considerada pelos seres humanos como um estado de extrema tristeza. E por isso, para entender melhor o assunto, o ideal é começarmos por ler a nossa página O Segredo da Felicidade .

O estado da solidão começa desde os primeiros tempos, ainda com o primeiro homem, juntamente com a primeira mulher, justamente por saberem sobre a sua verdadeira existência.

No início dos tempos, quando Deus criou o homem e a mulher, deixou-os no paraíso, onde poderiam comer de todos os frutos, menos do fruto da árvore localizada no meio do jardim. Caso comessem deste fruto, obteriam o conhecimento do Bem e do Mal, assim como o próprio deus que os criou, e por isso certamente morreriam.

A mulher no entanto, ao escutar uma serpente provocativa, decidiu provar do fruto desta árvore, cumprindo o desejo da serpente e ao mesmo tempo deu também ao homem, desobedecendo as ordens divinas.

Logo após comerem do fruto proibido seus olhos se abriram e viram que estavam nus.  Ficaram pela primeira vez com vergonha. Coseram folhas de figueira e fizeram para si aventais.

Deus ao descobrir o pecado cometido pelos dois, ditou vários castigos que os dois deveriam sofrer para sempre, e os expulsou do jardim, paraíso onde viviam, colocando querubins proibindo a volta do homem e a mulher ao local de origem.

Resposta ao enigma:

O simples fato de entendermos, através de outras páginas já descritas neste site, como A Origem do Pensamento , nos leva a entender que o paraíso existe, e que é o próprio mundo das idéias, conhecido de Platão, o filósofo, de onde Deus planeja as suas criações, e onde o próprio homem foi idealizado.

O texto descrito acima demonstra o momento em que o homem, ao comer do fruto proibido, nada mais fez que sair do mundo das idéias e surgir no mundo material, tomando assim a primeira noção de conhecimento, o que somente Deus podia fazer.

Fora do mundo das idéias, o homem fica intretido com todas as coisas que o cercam no mundo material, muitas vezes tentando participar com elas em seus movimentos, formando sociedades, muitas vezes cheias de regras que não o satisfazem, pois não pode ser livre como era no paraíso.

Ao ver que estas regras são rígidas demais, acaba muitas vezes desconfiando que não está incluído no contexto exigido. Fica num canto observando, tentando em vão um melhor momento para obter a aprovação de alguém para que possa se envolver no mundo social.

Quando está neste cantinho, o homem atual sente-se como seu primeiro ancestral, proibido de entrar no mundo maravilhoso das idéias, pois está no mundo material, e proibido de participar do mundo atual, por força das regras absurdas.

A solidão humana se dá exatamente neste momento, eportanto podemos dizer que a mesma se dá quando temos um momento de extrema verificação da verdade, o mesmo que o primeiro homem teve quando comeu do fruto da árvore do conhecimento.

A maioria dos homens e mulheres, ao chegar neste instante, permanecem apenas esperando uma oportunidade de se agrupar aos outros. Alguns poucos no entanto ao tomar conhecimento da verdade, de como gira o mundo material, passam a trabalhá-lo em seu próprio benefício, sem depender dos outros seres perdidos na distração mundana.

Estes poucos seres humanos que usam o poder do conhecimento, nas horas de solidão e da verdade, para usufruir em seu próprio benefício e da  humanidade, são os filósofos, os artistas e todos os outros humanos que têm o dom natural de mudar o universo em que vivemos.



Escrito por Josilene às 23:34:11
[] [envie esta mensagem]



"A felicidade é uma das riquezas mais cruéis; quem a tem não pode dá-la e quem não a tem não pode recebe-la" Lincoln Coutinho



Escrito por Josilene às 23:28:58
[] [envie esta mensagem]



Reino do Butão

Pra quem me conhece faz algum tempo, sabe q o grande sonho da minha vida é morar no Butão, longe do mundo, das pessoas... viver quietinha, numa cabaninha, só meditando... não tendo q tomar decisões, q enfrentar tantas responsabilidades.... sabe ficar bem quietinha esquecida no meu canto? Pois é.... no fundo, o desejo continua... me iludo as vezes com as pessoas achando q o Butão é longe e q  se eu for pra lá alguem sentirá minha falta.... sentirá a MINHA falta ou o q eu proporciono? Pois é, a grade pergunta! Filhos sentirão falta do q eu proporciono, é claro, o q eu não faço pela Pérola e pelo Enzo?! Mesmo aguentando ..... deixa pra lá! Minha mãe, tias, priams e primos num sei.... sentirão aquela faltinha básica.... mas a vida continuará para todos.... a Pérola tem várias escolhas, morar com o pai, com a manena, nô e por ai a fora.... Enzo, ficará com a minha mãe.... a avó paterna tá doente e blá, blá, blá.....

Sobrou quem, meus gatos e a mafalda... q minha mãe alimentará na boa.... o q falta é grana.... pra comprar a passagem e ir pra lá.....

E lá vem ela... sempre ela... tudo pra ela!!!!!

DADOS PRINCIPAIS:
Nome oficial:
Reino do Butão (Druk-Yul).
Nacionalidade: butanesa.
Data nacional: 17 de dezembro (Proclamação do Reino).
Capital: Timfu.
Cidade principal: Timfu (30.300) (1993).
Idioma: zoncá (oficial).

Religião
: budismo 69,6%, hinduísmo 24,6%, islamismo 5%, outras 0,8% (1980).

GEOGRAFIA: 

Localização
: centro-sul da Ásia.
Hora local
: +8h30.
Área
: 47.000 km2.
Clima
: de montanha.
Área de floresta
: 28 mil km2 (1995).

POPULAÇÃO: 
Total: 2,1 milhões (2000), sendo butaneses 60%, nepaleses 25%, charchopes 15% (1996).

Densidade
: 44,68 hab./km2.
População urbana
: 7% (1998).
População rural:
93% (1998).
Crescimento demográfico
: 2,8% ao ano (1995-2000).
Fecundidade
: 5,5 filhos por mulher (1995-2000).
Expectativa de vida M/F
: 59,5/62 anos (1995-2000).
Mortalidade infantil
: 63 por mil nascimentos (1995-2000).
Analfabetismo
: 52,7% (2000).
IDH (0-1): 0,483 (1998).



Escrito por Josilene às 23:17:16
[] [envie esta mensagem]



“Não dá para acertar num departamento da vida e continuar errando em outro. A vida é um todo indivisível.” Gandhi

Espiritualidade no cotidiano

Família e dinheiro

Encarar esses setores da existência revela nossos pontos fracos, e enfrentá-los nos faz crescer interiormente. A família, por exemplo, é um prato cheio. As tradições espirituais sublinham a importância da tolerância, do respeito e do despir-se de preconceitos e expectativas para ver a vida como ela é, e não há lugar melhor para essa prática do que o lar. “Se cuidarmos bem das relações com a família, a maior parte de nossa tarefa na vida terá sido cumprida”, assinala Martha Gallego Thomaz, que tem cinco filhos, 14 netos, 14 bisnetos e é dirigente do Grupo Noel, instituição espírita de São Paulo. Outro ponto-chave é o dinheiro. Essa energia de troca é um grande professor no caminho espiritual – para o mal e para o bem. A supervalorização do dinheiro no Ocidente desemboca na ganância, na avareza, no medo da escassez. Visto de forma espiritualmente sadia, porém, ele é um meio de difundir prosperidade, recompensa o trabalho feito com amor e, como energia, nunca deve ficar estagnado.

Viver no presente

Para entrar em contato com a espiritualidade no cotidiano, é fundamental desenvolver o que o budismo chama de atenção plena. Segundo o escritor e educador americano David Spangler, essa observação cuidadosa e sem julgamento do que acontece a cada instante nos conduz a uma profunda consciência, que nos dá novas percepções sobre o mundo e sobre nós mesmos. Com a atenção plena, podemos agir no presente com maior espontaneidade e liberdade. Spangler dá alguns exemplos de como desenvolver essa habilidade.

  • Pagar as contas – As preocupações e o medo de perder dinheiro ou de que ele falte nos remetem a um sistema de crenças que limita nossa relação com a abundância. Desativar esses temores é uma forma de mudar a programação mental, o que permite pagar contas como uma troca saudável e não sofrida.
  • Ir ao supermercado – Comprar conscientemente é encantar-se com a diversidade de mercadorias e exercitar o discernimento, escolhendo, por exemplo, produtos que preservem o meio ambiente ou comprando nas quantidades adequadas para que nada estrague. Essa atividade corriqueira pode ser percebida como uma gigantesca rede de distribuição, feita com o trabalho de milhares de pessoas para que os produtos possam chegar ao seu bairro.
  • Educar os filhos – Em vez de impor restrições constantes à criança, perceba suas características positivas. Quando seu filho resolve problemas que pareciam estar além de sua capacidade ou partilha brinquedos sem receber ordem para isso, ele merece um elogio.

    Ao descobrir a espiritualidade no cotidiano, a pessoa passa a ter muito mais ferramentas para se equilibrar e mudar seu futuro. A vida continuará com sucessos e fracassos, mas a mente aprende, sem se perturbar, a extrair lições de todas essas situações. “Em tudo que uma pessoa faz é possível criar e manter um estado de ser que reflita nosso verdadeiro destino”, lembra o psicólogo alemão Karlfried Graf von Dürckheim em Daily Life as Spiritual Exercise. “Quando essa possibilidade é posta em prática, o dia comum não é mais comum. Ele se torna uma aventura do espírito.”

    Exercícios de atenção plena

    Condição fundamental para o desenvolvimento da espiritualidade no dia-a-dia, os exercícios que fortalecem a atenção plena – ou seja, estar consciente do que acontece no momento presente – colocam o praticante num estado mental equilibrado e focado. Essa prática pode ser aplicada a qualquer atividade (no trabalho, dirigindo, comendo, andando), basta estar concentrado nesse propósito. Conheça a seguir alguns desses exercícios, extraídos do livro The Miracle of Mindfulness: A Manual on Meditation, do monge vietnamita Thich Nhat Hanh:

  • Lavando a louça – Faça isso relaxadamente, como se cada panela, copo, garfo, fosse um objeto de contemplação, uma peça sagrada. Inspire e expire profundamente e controle sua respiração para evitar que a mente se distraia. Não tente acelerar o ritmo para terminar a tarefa mais cedo. Encare a tarefa como a coisa mais importante da vida. Lavar os pratos é meditação. Se você não consegue lavar os pratos com consciência plena, tampouco pode meditar sentado em silêncio.
  • Preparando o chá – Faça cada movimento lentamente, com plena consciência dele. Perceba que sua mão levanta o bule pela asa, que você está despejando o chá perfumado na xícara. Siga cada passo com atenção. Respire suavemente e de forma mais profunda que a habitual. Controle sua respiração caso sua mente tenda a se distrair. Sirva com gentileza aos amigos ou saborei-o sozinho, sentindo o cheiro, a temperatura etc.
  • Posições do corpo – Isso pode ser praticado em qualquer hora e lugar. Preste atenção em sua respiração. Inspire e expire de modo mais profundo que o habitual. Esteja consciente da posição do seu corpo: se você está andando, de pé, deitado, acelerado ou lento. Perceba como é a superfície onde pisa, onde está deitado ou onde está sentado. Preste atenção em cada detalhe da postura e do seu entorno. Por exemplo, você poderia estar consciente de que está de pé numa colina verdejante para refrescar-se, praticar exercícios ou simplesmente apreciar a paisagem. Se não há nenhuma finalidade, apenas constate que não existe esse objetivo.


Escrito por Josilene às 23:08:23
[] [envie esta mensagem]



Moedas no ar

A primeira vez em que Jung falou abertamente sobre a sincronicidade foi em 1930, no funeral do sinólogo Richard Wilhelm. Sinólogo é aquele que se ocupa da escrita e dos costumes chineses. No caso de Wilhelm, sua ocupação foi traduzir o I Ching – O Livro das Mutações do chinês para o alemão. Oráculo milenar respeitadíssimo, o I Ching dá respostas práticas a perguntas objetivas, destacando a importância de aproveitar as oportunidades do momento. Para consultá-lo, é necessário criar um hexagrama – símbolo composto de seis linhas. Elas nascem do lançamento de três moedas, que ao acaso caem do lado cara ou coroa. Anotam-se quantas são cara, quantas são coroa, e desenha-se um traço contínuo ou interrompido.Depois confirma-se no livro o significado do hexagrama. Jung viu no I Ching um claro exemplo de sincronicidade, em que a coincidência da pergunta com a resposta mostra uma ligação entre um evento objetivo (o texto do oráculo) e um subjetivo (a necessidade de a pessoa pedir uma luz para uma angústia interna). “Nenhum dos dois exerce uma influência lógica sobre o outro e, no entanto, o significado está ali”, diz Roberto Otsu, especialista em I Ching, de São Paulo.

Escrito por Josilene Sousa às 23:37:09
[] [envie esta mensagem]



De antenas ligadas

Dizem os matemáticos que as sincronicidades acontecem uma em cada esquina. Mas às vezes parece que ela só passa no quarteirão de baixo... A sugestão para se aproximar das coincidências é, primeiro, assumir que existem. Depois, vale mexer em posturas internas e externas, que também podem ajudar a percebê-las.

• Treine o cérebro para novos tipos de percepção

Como explica a neurologista Denise Menezes, de São Paulo, o órgão pode ser ensinado a perceber além do aspecto material. Para isso, sugere a meditação ou outra prática que apure a concentração.

• Acorde para os sonhos

“Eles são portas para o inconsciente e não raro viram personagens da sincronicidade”, afirma Doucy Douek, psicóloga, de São Paulo. É famoso o caso relatado por Jung da paciente que sonhou com um escaravelho. No instante em que lhe contava o sonho, um besouro igual começou a esvoaçar junto à vidraça do consultório. “A coincidência fez com que a paciente aprofundasse a questão que a atormen- tava”, diz Doucy.

• Separe o joio do trigo

Nem tudo é sincronicidade, porque nem todas as coincidências têm significado relacionado a uma angústia ou desejo. “Ver sinais em qualquer situação extraordinária pode diminuir o peso do que realmente faz diferença”, afirma a psicoterapeuta Maria Helena Guerra.

• Controle a euforia

Para a neurologista Denise Menezes, a sincronicidade deve trazer serenidade, e não barulho interno.

Escrito por Josilene Sousa às 23:36:38
[] [envie esta mensagem]



Três histórias que mudaram por causa da sincronicidade.

Unidos pelo acaso

Separada e com uma filha pequena, a jornalista paulista Isabel Silveira, 39 anos, relutava em procurar um novo parceiro. “Não queria alimentar a ansiedade de conhecer a pessoa ideal”, revela. Até que, conversando com a manicure, soube que haveria uma missa dedicada a santo Antônio na igreja vizinha a sua casa. Era Dia dos Namorados, e Isabel, que nunca fora devota de santo algum, decidiu rezar para o protetor dos enamorados. “Pedi para conhecer alguém especial”, confessa. Uma semana depois, deu de cara com o americano George Howard, produtor de cinema, na casa do pai de uma amiga. Ele ia passar 30 dias de férias no Brasil. Isso já faz sete meses. Isabel e George acabaram se cruzando outras vezes sem planejamento, se apaixonaram e hoje se dizem amantes eternos. Onde está a grande coincidência? “George desembarcou no Brasil no dia 12 de junho, mais ou menos na mesma hora em que eu rezava na igreja”, lembra Isabel.

Conexão eterna

A professora de dança Ana Maria Monzillo, 44 anos, de São Paulo, perdeu o pé quando se viu diante de uma coincidência que mexeu com uma relação do passado. Durante um curso de expressão, que envolvia montar uma cena de teatro, Ana interpretava uma mãe atormentada com a morte da filha. Achou que o terço herdado da própria mãe, falecida havia dois anos, seria perfeito para compor o personagem, que, como os demais, não tinha nome definido. Num certo momento do ensaio, porém, a moça com quem Ana contracenava a chamou de Zefa. “Quando ouvi o nome de minha mãe dito por alguém que mal me conhecia, levei um susto!”, conta.

Passado o baque, ela não quis trancar a emoção. Em vez disso, levou o tema para a terapia e viu que ainda precisava trabalhar a perda dessa pessoa tão querida. “Aquela situação não programada serviu como um curativo para uma ferida do passado, que hoje eu aceito e compreendo, mesmo sem entender plenamente a lógica do que aconteceu.”

Emprego certo

Foi sem querer que a artesã paulista Rita Novellino, 44 anos, conseguiu uma entrevista de trabalho para o marido, Rafaelle, então desempregado. Em uma aula semanal de culinária, Rita comentou com uma colega que precisava economizar, já que a família vivia com uma renda a menos. “Ela perguntou qual era a área em que meu marido atuava e ficamos surpresas ao descobrir que o marido dela precisava de um funcionário com o currículo de Rafaelle”, diz a artesã. Não demorou para que começassem a trabalhar juntos. O fato só confirmou o que Rita sempre disse saber. “Há uma ligação entre as pessoas e basta acionar o botão certo para estabelecer esse contato.”

Escrito por Josilene Sousa às 23:35:55
[] [envie esta mensagem]



Na psicologia e na física

Jung perseguiu a sincronicidade desde a década de 1920. Na época, foi criticado pela comunidade científica porque voltou sua atenção para métodos que encaram a vida em termos não exatamente causais, entre eles a astrologia, o tarô e o I Ching (veja quadro nas próximas páginas). Intuindo que a física também poderia dar alicerce a sua teoria, Jung se aproximou da mecânica quântica, no que foi prontamente correspondido. Durante anos trocou cartas com o físico austríaco Wolfgang Pauli (1900-1958) e, juntos, escreveram um pequeno livro, em que questionavam as leis clássicas da física.

O físico João Bernardes da Rocha Filho, professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e autor do livro Física e Psicologia (ed. EDIPUCRS), lembra que a física continuou firme nas pesquisas em busca da natureza desses fenômenos. “Há quem diga que reflitam a existência de um universo onde tudo está interligado”, diz ele.

Se existe uma ligação íntima e atemporal entre eu, você e alguém na China que nunca vimos antes, por que a surpresa diante da sincronicidade? Para Eloisa Penna, analista junguiana e professora de psicologia analítica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, a maioria de nós está presa à noção tradicional de causa e efeito, que não leva em conta esse conceito de unidade. “Sempre buscamos uma explicação isolada para qualquer evento em nossa vida e, quando algo foge ao entendimento, é visto como incrível ou surreal”, compara.

Fora do controle

Pode-se entender a coincidência como um acontecimento mágico, exclusivo dos privilegiados. No entanto, segundo os especialistas, a sincronicidade é democrática, ou seja, não escolhe sexo, cor, religião, nacionalidade, estado civil ou número de vezes em que se visitou o divã. “Ao reconhecer que somos pessoas como outras quaisquer, absorvemos o que há de melhor em uma coincidência única”, afirma Maria Helena Guerra. Vale sim valorizar o fato de sermos todos especiais, dignos de acontecimentos que escapam a nosso controle e que vêm para o bem, trazem mudança ou chamam a atenção para algo importante.

Esperar o inesperado também vale. No livro Sincronicidade, ou Por que Nada É por Acaso (ed. Nova Era) – um daqueles que vieram até mim no começo da reportagem –, o psicoterapeuta e teólogo americano Robert H. Hopcke propõe uma atitude de abertura para colocar de lado nossas agendas e considerar que nossas histórias incluem fatos que não podemos prever. Ele diz o seguinte: “Certos eventos às vezes mostram que nossa vida segue um caminho diverso do que imaginávamos no início e que apenas nossa disposição para rever o destino permite usar a coincidência a nosso favor”.



Escrito por Josilene Sousa às 23:34:05
[] [envie esta mensagem]



Mais que simples acasos

por Mônica Manir

Sabe quando a gente está pensando em um amigo e ele, milagrosamente, aparece? Segundo físicos e terapeutas, isso não é acaso, mas um arranjo do Universo chamado de sincronicidade. A repórter Monica Manir investigou como esses fatos sem conexão aparente provocam grandes mudanças internas e fazem com que a vida flua pelo caminho mais fácil.

É só falar em coincidência que lembro de uma imagem do filme Asas do Desejo, do alemão Win Wenders. Anjos que habitam bi-bliotecas dão uma mãozinha e colocam à frente das pessoas o livro que precisam ler. Em Cidade dos Anjos, refilmagem hollywoodiana de Asas do Desejo, o anjo enigmático vivido por Nicolas Cage faz o mesmo: entre zilhões de livros perdidos em uma estante, ele empurra sutilmente um deles na direção de um leitor que está ávido por aquele assunto. Esse fenômeno de encontrar do nada uma obra que me interessa já aconteceu inúmeras vezes e não foi diferente agora. Bastou saber que escreveria sobre sincronicidade e dois livros básicos (e bárbaros) sobre o tema caíram em meu colo – sem que eu pedisse nenhuma ajuda. Histórias emocionantes de coincidências, a maioria envolvendo encontros amorosos, também pipocaram a minha volta. E até estudiosos do assunto, vindos das áreas mais diferentes, chegaram até mim por força do “acaso”.

Colecionador de coincidências

O engenheiro Alberto Setzer, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, em São José dos Campos, SP, foi um deles. Alberto coleciona histórias de sincronicidade há 27 anos. São recortes de jornal, trechos de livros, descobertas científicas, relatos de amigos, narrações de desconhecidos e vivências pessoais marcadas pelo inusitado. “Meu interesse não é por coincidências do dia-a-dia, mas por aquelas que escapam às estatísticas que medem se um evento é mesmo uma sincronicidade ou não”, explica.

Quebra-cabeça gigante

Ele relaciona os eventos sincronísticos – nome científico do acaso – a um quebra-cabeça gigantesco nas relações humanas, em que nem sempre as coisas se encaixam, já que fogem do racional. Voltando aos livros que caem do céu, ele lembra o dia em que encontrou uma obra única sobre o uso do fogo, que procurava há tempos para uma pesquisa, em meio a prateleiras empoeiradas de um sebo do centro de São Paulo. “Nunca passei por aquele lugar antes, mas fui direto ao ponto, como se o livro estivesse a minha espera. Como pode?”

Podendo, diria Carl Jung, psiquiatra suíço que, no começo do século 20, mergulhou fundo na questão do inconsciente, assumindo que coincidências existem. Mais que isso: algumas são recheadas de significado, já que ligam uma experiência interior a uma exterior. A essas Jung deu o nome de sincronicidades e atribuiu a elas o poder de transformar comportamentos quando recebem o devido grau de importância. “São aspectos que fazem parte de uma realidade desconhecida e que, por isso mesmo, costumam ganhar uma cor mágica para quem os percebe”, afirma a psicoterapeuta Maria Helena Guerra, coordenadora do curso de psicologia junguiana do Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo.



Escrito por Josilene Sousa às 23:32:54
[] [envie esta mensagem]



Oração para chamar a alegria dos anjos

O Canto dos Serafins, uma oração poderosa que consta do Antigo Testamento, pode ser repetido toda vez que seu coração estiver cheio de alegria ou, ao contrário, quando precisar trazer, com urgência, mais harmonia e amor a sua vida.

Recite ou cante

“Santo, santo, santo é o Senhor Deus dos exércitos. Céus e terra proclamam vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito é o nome do Senhor.”

Oração para o anjo da guarda

Sempre que precisar de proteção ou antes de dormir, reze: “Santo Anjo do Senhor, Meu zeloso guardador, Se a ti me confiou, A piedade divina para sempre meRege, guarde, governe, ilumine, Amém.”



Escrito por Josilene Sousa às 23:28:52
[] [envie esta mensagem]



Anjos, os ajudantes de Deus

Essas forças divinas nos protegem e, mais do que isso, são auxiliares diretos de Deus na execução da grande obra divina. Descubra quais são os tipos e as funções dos anjos, sempre associados a luz e alegria

Deus também é conhecido, nas antigas tradições espirituais, como o Grande Arquiteto. Ele idealizou o Universo, mas, da mesma forma que na construção de uma casa, tem vários ajudantes para concretizar sua obra. Não é o Criador que põe diretamente a mão na massa, mas sim seus auxiliares, cada um com sua função. Esses ajudantes divinos são os anjos – uma legião de seres celestiais divididos em diversas esferas, desde os mais poderosos e próximos de Deus até os mensageiros que vivem a nosso lado, os anjos da guarda.

Nove tipos

Um antigo tratado, chamado Hierarquia Celeste, escrito provavelmente no século 5, descreve a função dos anjos como parte fundamental do plano divino da Criação, de acordo com a tradição judaico-cristã. Seu autor, Dionísio, o Areopagita (conhecido assim porque trabalhava para o Areópago, o poder judiciário grego), para efeito didático dividiu a hierarquia dos anjos em nove coros, ou nove grupos. Até hoje, essa é a classificação angélica mais usada, embora existam outras, menos conhecidas.

Apesar de os anjos serem representados, de costume, como bebês gorduchos ou jovens com asas, eles são pura energia, que pode se manifestar de várias formas – ou até mesmo sem forma definida. No texto da Hierarquia Celeste, Dionísio fala que os seres angélicos são como “espelhos translúcidos e brilhantes”.

Seres de luz

Os primeiros a receber a Luz Divina são os anjos, que a transmitem a nós – por isso, na tradição judaica, apresentam-se em número incalculável, com características diferenciadas de poder e luminosidade.

“Certos anjos trazem cura para o corpo e as emoções. Outros protegem os lugares sagrados da Terra e há os que atuam nos reinos mineral, vegetal e animal”, escreve a autora americana La Una Huffnes no livro Como Estabelecer Contato com os Anjos de Cura (ed. Pensamento). “No Oriente, são denominados devas, palavra sânscrita que significa ‘seres brilhantes’, com referência à sua aparência luminosa”, escreve outro autor, o inglês Geoffrey Hodson, no livro No Reino dos Deuses (ed. Pensamento).

Conheça a seguir os diferentes níveis da hierarquia angélica.

Primeiro grupo - Serafins, Querubins e Tronos - Os que glorificam e contemplam Deus

Serafins

Em hebraico, o nome significa “os que ardem”. Rodeiam o trono divino como uma coroa luminosa. Depois de Deus, são os que têm a luz mais brilhante e os pensamentos mais puros. Apresentam-se sob forma de chamas flamejantes douradas e prateadas.

Querubins

Eles guardam a Árvore da Vida, depois da expulsão de Adão e Eva do Paraíso. A Bíblia os descreve com quatro rostos, quatro asas e muitos olhos, símbolos de sua sabedoria. Os querubins retratados como bebês foram inspirados nas pinturas gregas, que consideravam esses seres ajudantes do deus Cupido. Mas os querubins, de acordo com a tradição judaico-cristã, são inteligências muito poderosas.

Tronos

São descritos como rodamoinhos de luz. Mantenedores do trono de Deus e de todo o Universo e fazem esse trabalho por intermédio do som – são os músicos celestiais e representam-se, muitas vezes, acompanhados de instrumentos musicais, como harpas, cítaras e trombetas.

Segundo grupo - Dominações, Virtudes e Potestades - Os que governam os diversos mundos

Dominações

São considerados ministros de Deus, convidados a fazer parte da adoração do trono divino, e superiores a todas as outras hierarquias angélicas. Recebem missões sagradas mais relevantes e é por meio deles que Deus governa os planos divino e material.

Potestades

Dão forma às orientações recebidas pelas Dominações e passam para o plano material as criações divinas. Acredita-se que são anjos com poder de alta concentração, pois ajudam a modelar e concretizar o pensamento de Deus.

Virtudes

Complementam com afinco o trabalho das Potestades, eliminando todos os obstáculos à realização da obra divina. Por essa capacidade de superação de interferências, são representados como jovens fortes e saudáveis. São Tomás de Aquino (1225-1274) dizia que os anjos desse grupo podiam ser invocados em caso de doença, já que protegem tudo o que pertence ao mundo físico, inclusive nosso corpo.

Terceiro grupo - Principados, Arcanjos e Anjos - Os que nos protegem

Principados

Como o nome sugere, inspiram a intuição de reis, príncipes, líderes e governantes com o amor e a misericórdia divina. Levam instruções e avisos de Deus a quem lidera os povos que são confiados a eles.

Arcanjos

São responsáveis pelos planetas e seus habitantes e podem ser invocados por meio da prece. São Miguel é o Príncipe dos Arcanjos, e sua poderosa luz azul-anil brilhante combate as forças malignas como uma espada cortante.

Anjos

São os seres celestiais mais próximos de nós. Ativam nossa intuição, nos protegem dos perigos e nos inspiram na direção correta – quando estamos em conexão com eles, é claro. Para entrar em nossa vida, precisam de espaços limpos, flores, cores claras, música e perfumes suaves. E, acima de tudo, o cultivo de sentimentos amorosos. O anjo da guarda é o que nos acompanha mais de perto.
 
Copyright © 2005, Editora Abril S.A.
Todos os direitos reservados. All rights reserved.


Escrito por Josilene Sousa às 23:26:58
[] [envie esta mensagem]



Mudando atitudes

Tenha por perto uma caixa de areia com algumas pedras e modifique a posição delas e o traçado nos grãos a cada dia. Mexer no jardim zen é uma forma de aquietar a mente e uma metáfora da vida: tudo está mudando a todo momento, um dia é diferente do outro e você pode criar o seu presente.

Acenda um incenso.
Ele marca o tempo de sua meditação ou de qualquer atividade e purifica o ambiente. Além disso, segundo os monges zen-budistas, a fumaça espalha bem-estar para todos os seres e eleva nosso espírito.

Tenha um projeto de vida, mas esteja aberto para perceber as indicações do caminho. Seja flexível como os galhos de uma árvore ao vento, assim nada pode quebrá-lo.

Lembre-se deste provérbio chinês: os mestres podem abrir a porta, mas só você pode entrar.

Preste atenção em tudo que fizer e olhe as ações e os comportamentos repetitivos como uma nova oportunidade de perceber a vida com mais cuidado e amor.

 



Escrito por Josilene Sousa às 22:29:25
[] [envie esta mensagem]



Mudando atitudes

Lembre-se de olhar para o céu. Isso expande os limites da mente e nos recorda que somos uma pequena parte do imenso Universo, que está sempre em movimento.

Ao falar, use palavras de carinho e respeito, pois você está diante de outro ser humano, seja quem for.

No trânsito, mantenha-se atento e gentil com os outros motoristas. Peça e dê passagem. Se ficar muito alterado com a espera, tenha no carro um CD de música tranqüila e algumas balas. Isso baixa a ansiedade e suaviza a raiva e a impaciência.

No trabalho, quando estiver numa situação de conflito ou receber uma provocação, não reaja imediatamente. Respire e preste atenção, pois sempre há uma maneira de resolver as questões de forma pacífica, com respeito e amorosidade. Caso contrário, você entra na sintonia de ações e pensamentos negativos, ruins para os outros e para você mesmo.



Escrito por Josilene Sousa às 22:27:15
[] [envie esta mensagem]



Mudando atitudes

Viva o momento presente. O passado já se foi e o futuro ainda não existe. O aqui e agora é a única realidade..

A respiração tem o poder de mudar rapidamente seu estado de alma.
Em situações de estresse, ansiedade, raiva, tristeza, acalme sua respiração e tenha em mente que todas as situações são passageiras, que tudo está em constante transformação.

Comece o dia sentando-se com a coluna ereta
(pode ser numa cadeira), perceba sua respiração, os batimentos de seu coração, suas tensões, seus pensamentos. Fique assim por alguns minutos, depois respire fundo e vá para o mundo disposto a aceitar o dia como ele vier, como se fosse o primeiro de sua vida.

Em cada gesto simples do cotidiano, você pode descobrir novos prazeres Saboreie a água e cada alimento como um bem precioso, uma fonte de energia vital. Quando estiver comendo ou cozinhando, não desperdice.

Reserve algum tempo e apenas fique sem fazer nada!
Não pense, não contemple, não deseje mudanças.

Simplesmente seja o que é, aceite seu corpo e seus pensamentos



Escrito por Josilene Sousa às 22:24:45
[] [envie esta mensagem]



8 Lições de Jesus para você aplicar agora III

Não julgue os outros
Nenhum homem pode julgar e condenar, pois ninguém está livre de pecado. Foi o que Jesus mostrou no episódio da adúltera, descrito no Evangelho de São João, capítulo 8. Jesus dava seus ensinamentos sentado no chão quando chegou um grupo de doutores da lei (especialistas em direito e intérpretes das escrituras) e fariseus (membros de uma seita judaica que defendia o cumprimento rigoroso das leis sagradas) trazendo uma mulher que havia sido flagrada em adultério. Eles perguntam a Jesus se ela deveria ser apedrejada – esse era o castigo infligido a elas, na época. “Quem de vocês não tiver pecado atire a primeira pedra”, responde Jesus, impassível. Sua reação fez com que cada um desviasse o olhar da mulher e o dirigisse às próprias atitudes. Os acusadores foram embora, um por um, deixando a mulher sozinha com Jesus.
Mensagem: é preciso evitar os julgamentos precipitados ou insensatos, ainda mais sob influência de outras pessoas ou do grupo social. O primeiro passo é se desarmar interiormente e evitar reagir com a rapidez com que se é cobrado – na passagem bíblica, os homens interpelam Jesus duas vezes antes que ele responda. Fundamental também é se despir dos preconceitos e das opiniões formadas e desenvolver a capacidade de julgamento, pessoal e imparcial. Ouvir o que diz o coração impede que se tome para si os valores dos outros.


Não abuse de seu poder
Em um retiro de 40 dias no deserto, Jesus foi tentado três vezes, conforme o Evangelho de São Lucas, capítulo 4. Cada tentação representou uma forma de poder – o político, o econômico e o religioso. Os mesmos que muitas vezes se é tentado a usar, corrompendo e manipulando pessoas e situações. Em jejum, morto de fome, Jesus foi desafiado pelo demônio a transformar uma pedra em pão, provando ser filho de Deus. E respondeu: “Está escrito, nem só de pão vive o homem”. O diabo então levou Jesus para o alto da montanha e ofereceu a ele todos os reinos da Terra, com a condição de que se prostrasse a seus pés. Jesus se recusou: “Está escrito, adorarás ao senhor teu Deus e só a Ele prestará culto”. Finalmente, Satanás o conduziu à parte mais alta do templo, em Jerusalém, e o incitou a se atirar, garantindo que seria salvo por anjos de Deus antes de cair. Jesus mais uma vez resistiu: “Não tentarás ao Senhor teu Deus”. O Diabo, ao ver esgotadas suas formas de persuasão, foi embora.
Mensagem: é preciso resistir à tentação de tirar proveito de uma situação usando a autoridade, a posição hierárquica, o dinheiro ou a capacidade de persuasão com fins ilícitos ou que possam prejudicar outras pessoas. Chantagem e corrupção são exemplos disso. Deve-se ficar atento para não ceder a valores fúteis e egoístas, desconectados das verdades pessoais e do bem-estar coletivo.


Desfrute a vida
O famoso Sermão da Montanha, em que Jesus discursa à multidão que o segue, é um dos textos mais ricos em ensinamentos do Novo Testamento, como descreve o Evangelho de São Mateus, capítulo 6. Entre as muitas passagens em que Jesus proclama que os pobres, puros, mansos e perseguidos serão recompensados no céu, ele encoraja a desfrutar a vida, em vez de se preocupar com o acúmulo de bens materiais, e aprender a contemplar a natureza. Jesus disse: “Olhai as aves do céu: elas não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros e, no entanto, o vosso Pai celeste as alimenta. (...) Olhai os lírios do campo. (...) Eu vos asseguro que nem Salomão em todo seu esplendor se vestiu como um deles”. Com essas palavras, assegurou ao povo que não se preocupasse com o que comer ou vestir e colocasse o futuro nas mãos de Deus. “Em primeiro lugar busquem o reino de Deus e sua justiça, e Deus dará a vocês, em acréscimo, todas essas coisas.”
Mensagem: ao convidar os fiéis a seguir o exemplo dos pássaros e das flores, Jesus recomenda que aprendam com eles a não se preocupar com o amanhã, pois Deus sabe das necessidades de cada um e proporciona todo o necessário para viver. E alerta para que não se criem falsas necessidades, que consomem tempo e recursos, escravizam e obrigam a antecipar o futuro, impedindo que se viva o presente em toda a plenitude.


Exercite a solidariedade
Em seus gestos e palavras, Jesus ensinou a importância de oferecer apoio e conforto sem fazer julgamentos ou juízos de valor sobre quem merece ou não ser ajudado. Dedicou seus anos de pregação a ouvir e atender os pobres, loucos, deficientes físicos e prostitutas, defendendo-os das acusações dos que se julgavam puros, perfeitos ou donos da verdade. Jesus não escolheu os marginalizados porque eram bons, mas porque “precisavam de médico”, como diz o Evangelho de São Mateus, capítulo 9. Jesus ofereceu a vida eterna a um dos ladrões crucificados a seu lado só por vê-lo sofrendo, e sua compaixão repercutiu positivamente no coração de alguém considerado marginal. Respondendo ao outro criminoso que insultava Jesus, o ladrão perdoado disse: “Não temes a Deus nem sequer sofrendo a mesma condenação? Para nós é justo porque estamos recebendo o que merecemos, mas ele não fez nada de mau”. E acrescentou: “Jesus, lembra-te de mim quando vieres em teu reino”. Jesus respondeu: “Eu lhe garanto: hoje mesmo você estará comigo no paraíso” (Evangelho de São Lucas, capítulo 23).
Mensagem: ser solidário e compassivo pode significar apenas estar junto a quem sofre ou passa por dificuldades. Quase sempre entende-se caridade como oferta de dinheiro ou bens materiais, enquanto a qualquer momento podemos oferecer uma mão amiga ou uma palavra de conforto a quem precisa.


Acredite que a fé cura
Jesus, ao restabelecer a saúde dos doentes, sempre procurava fazê-los colaborar e acreditar na própria capacidade de se curar. Muitas vezes, associava a salvação dos males à própria fé e força de vontade dos enfermos. O Evangelho de São Marcos descreve diversas curas milagrosas no capítulo 5. Numa delas, uma mulher que sofria de hemorragia acreditava que bastaria tocar na roupa de Jesus para ficar sã. E foi o que aconteceu. Jesus, então, perguntou quem o havia tocado. A mulher, medrosa e tremendo, caiu a seus pés e contou a verdade. Jesus então disse a ela: “Foi tua fé que te curou. Vá em paz e fique curada”.
Mensagem: toda pessoa tem dentro de si a capacidade de curar o próprio corpo e as emoções ao manter a fé e a positividade. Ao longo de seus anos de pregação, Jesus várias vezes recuperou os sentidos perdidos de cegos e surdos e a capacidade de locomoção dos aleijados. Dessa forma, proporcionou aos inválidos a oportunidade de serem novamente reconhecidos dentro da sociedade, que, na época, considerava os doentes pecadores e indignos. Simbolicamente, os episódios mostram que abrir os sentidos é condição para se dar conta das dimensões espirituais que estão por trás das aparências.


TEXTO: WILSON F. D. WEIGL - REPORTAGEM FOTOGRÁFICA: SAMIR FAVITOSKI
FOTOS: ANTONIO RODRIGUES


Escrito por Josilene Sousa às 22:21:25
[] [envie esta mensagem]



8 Lições de Jesus para você aplicar agora II

Confie em si mesmo
Acreditar no próprio potencial e desenvolver a fé para atingir metas que parecem distantes ou inalcançáveis é a mensagem do episódio em que Jesus caminha sobre a água. Ele está descrito nos evangelhos de são Mateus (capítulo 14), são Marcos (capítulo 6) e são João (capítulo 6).
Os discípulos estavam num barco, lutando contra a tempestade, quando Jesus apareceu andando sobre o lago, chamado mar da Galiléia, em Israel. Confundindo-o com um fantasma, os homens se apavoraram. Jesus então lhes disse: “Confiança! Sou eu, não tenham medo!” Pedro, parecendo duvidar, respondeu: “Senhor, se és tu, manda-me ir ao teu encontro, caminhando sobre a água”. E Jesus disse: “Venha!” Pedro desceu da barca e andou na superfície, mas deixou-se tomar pelo medo e começou a afundar, pedindo socorro. Jesus o salvou, dizendo: “Homem fraco na fé, por que você duvidou?”
Mensagem: com a autoconfiança fortalecida, pode-se perseguir metas que à primeira vista parecem impossíveis. A fé proporciona alento para não se desanimar frente aos obstáculos. No episódio bíblico, Pedro já tinha conseguido a façanha, quando perdeu a fé e afundou. Confia-se na própria capacidade ao se centrar e entrar em contato com Deus e com as próprias emoções e necessidades. A oração e a meditação são formas de se interiorizar e acessar o potencial que existe dentro de cada um de nós.

Compartilhe o que tem
A multiplicação dos pães e peixes ensina como é importante partilhar os recursos de que se dispõe, mesmo que possam parecer insuficientes. Esse episódio é considerado um dos mais importantes do Novo Testamento, já que é descrito nos quatro evangelhos (Mateus, capítulo 14; Marcos, capítulo 6; Lucas, capítulo 9; e João, capítulo 6). Em suas andanças, Jesus estava sempre cercado de gente, que o procurava em busca de cura ou ajuda. Numa delas, pacientemente atendeu os pobres e doentes e ficou pregando até tarde. Os apóstolos, cansados e famintos, queriam dispersar a multidão, mas Jesus lhes disse: “Vocês é que têm de lhes dar de comer”. Espantados, os homens argumentaram que só tinham cinco pães e dois peixes. Jesus abençoou-os, partiu-os e pediu que os discípulos os distribuíssem. E assim alimentou 5 mil pessoas.
Mensagem: por menos que se tenha para dividir, os benefícios que resultam da ação podem ser maiores do que se espera. O texto mostra que Deus retribui os gestos generosos com prosperidade e abundância, pois os apóstolos acreditavam que a comida seria insuficiente, mas no final se surpreenderam, pois ainda recolheram 12 cestos de sobras. Tem-se dificuldade de acreditar e apostar em tudo que parece pequeno, frágil, não lucrativo. É preciso lembrar, porém, que o fogo de uma vela, por mais fraco que pareça, é capaz de acender outra, e mais outra, e mais outra, infinitamente.


Descubra sua força
O episódio do semeador, descrito no Evangelho de São Marcos, capítulo 4, aconselha a perseverar mesmo diante dos fracassos e das perdas, que fazem parte da vida. A parábola é um estímulo para descobrirmos a força que mora dentro de cada um de nós e da qual nem sempre temos consciência. Em uma de suas pregações, sentado num barco, Jesus contou aos seguidores a história de um homem que saiu para semear. Parte das sementes caiu e foi comida pelos passarinhos. Outra porção delas foi parar num lugar pedregoso, onde havia pouca terra – chegou a brotar, mas logo secou. Um terceiro conjunto de sementes, em meio aos espinhos, foi sufocado. A última parte, porém, depositada em terra fértil, brotou, cresceu e deu frutos. “O reino de Deus é como um homem que espalha a semente na terra”, disse Jesus.
Mensagem: Jesus associou a palavra de Deus às sementes que os homens iriam acolher de diferentes formas. E alertou também que, como toda semente contém o necessário para brotar, crescer e se transformar numa árvore, o ser humano tem dentro de si a força para superar as dificuldades. A parábola é um estímulo ao recomeço. Se, em tentativas frustradas, a semente dos desejos caiu nas pedras ou nos espinhos, no final a terra fértil a acolherá e fará germinar. A força divina faz prosperar todo gesto em harmonia com toda a humanidade e com o planeta.




Escrito por Josilene Sousa às 22:21:07
[] [envie esta mensagem]



8 Lições de Jesus para você aplicar agora I

Há quase dois mil anos as palavras de Jesus Cristo confortam, trazem alento e propõem soluções para problemas individuais e coletivos. Veja e aplique no dia-a-dia algumas dessas lições preciosas e eternas.

Amor, paz, fraternidade, bondade, caridade, desapego. Esses são valores que Jesus Cristo transmitiu em três anos de pregações por Israel, registradas na Bíblia, o principal livro da religião cristã. Ainda hoje, nas páginas que descrevem seus feitos, milagres e lições aos seguidores, estão chaves para viver melhor e contribuir para tornar o mundo mais justo e humano, como Jesus sonhou. “Na Bíblia encontram-se luz e força para orientar a vida”, afirma Tereza Cavalcanti, professora de introdução à sagrada escritura do departamento de teologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). O livro sagrado está dividido em duas partes: o Antigo e o Novo Testamento. O Antigo Testamento descreve a história do povo de Israel, escolhido por Deus para realizar seu projeto: ser o Absoluto, para que as relações humanas se tornassem mais fraternas. O Novo Testamento conta a vida de Jesus Cristo, o carpinteiro da aldeia de Nazaré que se proclamou filho de Deus encarnado na Terra para dar continuidade ao projeto divino. Do Livro do Gênesis, que descreve a origem do mundo e da humanidade, ao Apocalipse de São João – escrito pelo apóstolo com a finalidade de dar esperança aos cristãos nos tempos de perseguição –, os textos abrangem um período que começa aproximadamente mil anos antes do nascimento de Jesus e termina por volta de 130 anos depois de sua morte. “A Bíblia é um compêndio de sabedoria, pois registra experiências humanas durante esse período que valem até hoje”, continua a especialista.

Como surgiram os evangelhos
Jesus não deixou nada escrito. Foram os apóstolos e discípulos os autores dos relatos sagrados. Os quatro evangelhos, de são João, são Mateus, são Marcos e são Lucas, descrevem, cada um a sua maneira, a trajetória de Jesus e seus ensinamentos. Muitos eram dados por meio de parábolas – narrações alegóricas que evocam a realidade por meio de comparação e se prestam a diversas interpretações. Nenhum texto bíblico tem valor rigorosamente histórico, já que todos os textos são baseados em relatos pessoais. João e Mateus pertenceram ao grupo dos 12 apóstolos, companheiros de Jesus, enquanto Marcos e Lucas foram apenas discípulos. Esse último nem conheceu Jesus, viveu na Síria e apoiou seu relato apenas em testemunhos. As Cartas de São Paulo, defensor da lei judaica que se converteu e se tornou um dos personagens mais importantes do cristianismo, foram escritas pelo menos 30 anos depois da morte de Jesus. Descubra oito episódios do Novo Testamento que ajudam você a trazer para o cotidiano os dons que Jesus pregava, interpretados pela professora Tereza Cavalcanti.




Escrito por Josilene Sousa às 22:20:26
[] [envie esta mensagem]



Anjos perfumados

Como perceber a proteção divina
Rubem Alves, 71 anos, nasceu no interior de Minas Gerais, é escritor, pedagogo, teólogo e psicanalista.
O texto acima foi inspirado em uma crônica do livro Transparências da Eternidade (ed. Verus).
Site: www.rubemalves.com.br.

Eu nunca vi um anjo. Olhos que vêem anjos são olhos especiais, dádivas dos deuses, não são todos que os possuem. Eu não sou um deles. Mas os deuses me dotaram de um outro órgão para sentir os anjos: o nariz. O nariz é o meu órgão angelical. Eu não vejo anjos. Eu cheiro anjos. Para mim os anjos são seres nasais. Eles se me revelam sob a forma de perfumes. Vou andando solidamente pela rua, imerso em meus pensamentos comuns. Repentinamente, uma súbita fragrância entra pelo meu nariz e enche a minha alma. Fico leve, perco a solidez, crescem-me asas nas costas e sou instantaneamente transportado para um não-sei-lá-que-lugar onde fui feliz. Aquela felicidade esquecida me é devolvida. Como o acontecido não foi resultado de coisa que eu tivesse feito, não acho descabido imaginar que o responsável tenha sido um anjo perfumado, meu amigo.
Minha educação angelical começou muito cedo. Tomei minhas primeiras lições num salão de barbeiro. Havia lá um calendário que a todos comovia e tranqüilizava: uma paisagem bucólica, um menino e uma menina, irmãozinhos, pés descalços, pelas trilhas da floresta, sozinhos, prestes a atravessar uma frágil pinguela sobre um abismo: tão fácil cair. Mas não havia razões para temer. Protegia-os um anjo de beleza máscula e brancas enormes asas. Com um quadro daqueles na parede os pais e as mães podiam dormir tranqüilos. Era o Anjo da Guarda que, ao que me consta, continua a guardar as criancinhas que atravessam pontes nas florestas.

Numa loja de sírios aprendi sobre os pés dos anjos. O senhor humilde se aproximou do balcão e pediu:
— Um pé-de-anjo número 29.

Logo o seu Nagib atendeu a ordem do freguês, trazendo-lhe um par daquilo a que hoje se dá o nome de tênis. Naquele tempo ninguém sabia o que era tênis. Era pé-de-anjo. É fácil compreender por quê. O maior orgulho dos pais beatos era que a filha desfilasse na procissão vestida de anjo, o que era o terror dos patos cujas penas eram arrancadas sem dó nem piedade para a confecção das asas dos seres celestes. Inúteis eram os grasnados dos patos: não há Anjos da Guarda para protegê-los. Branca a grinalda, brancas as asas, branco o vestido – os sapatos teriam de ser brancos também. Pé-de-anjo...

Depois foi na escola dominical da igreja protestante que eu freqüentava. Me faziam cantar um hino que dizia: “Eu quero ser um anjo, um anjo do bom Deus, e imitar na terra os anjos lá do céu.” Foi então que se manifestou minha vocação para a heresia. Pensei que o hino estava errado: se Deus me fizera menino era porque ele queria que eu fosse menino. O hino era, assim, uma rebelião contra a vontade divina. Deus queria que eu fosse menino e os religiosos eram mais piedosos que o próprio Deus e queriam que eu fosse anjo. Eu não queria ser anjo, pois achava que vida de anjo devia ser muito chata.

Depois, aprofundei meus conhecimentos angeológicos na leitura dos poetas. Está lá num dos poemas de Fernando Pessoa: “Que anjo, ao ergueres a tua voz, sem o saberes, veio baixar sobre esta terra onde a alma erra e soprou as brasas de ignoto lar?” Disso sabia o poeta: que os lares ignotos não estão perdidos. Estão sob a guarda dos anjos que moram na memória. Lá os lares esquecidos vivem como brasas escondidas sob as cinzas da memória. Mas os anjos da memória não deixam que eles sejam esquecidos. Vez por outra batem as suas asas, a cinza voa, as brasas viram fogo.

Jacó, filho de Isaac, me ensinou que há anjos terríveis! Lá ia ele andando por um caminho solitário, noite escura, muito medo. Rezava. Invocava a proteção do Anjo da Guarda. O Anjo ouviu a sua reza e lhe apareceu – terrível, horrendo, de espada na mão.

— Defenda-se ou o mato, o Anjo disse.

Jacó não teve escolha. Puxou sua espada e lutou com o Anjo a noite toda. E pasmem: venceu. Ao romper da aurora, ao se despedir, o Anjo derrotado lhe disse: “Fui derrotado, mas lhe deixarei uma lembrança para que você não se esqueça.” E num gesto súbito tocou a coxa de Jacó com a sua espada. Jacó ficou manco pelo resto da vida. Nunca mais se esqueceu. A cada mancada ele se lembrava e se sentia valente. E nunca mais teve medo. E até teve de mudar o seu nome para Israel: naquele que lutou com Deus e prevaleceu. Por vezes é preciso lutar com o Anjo a noite toda para se ganhar um nome, para se descobrir a própria verdade, enterrada sob as cinzas do medo.

Mas os Anjos de que mais gosto são aqueles que foram fazer uma visita a Abraão e Sara, avós de Jacó. Abraão já era velho, desdentado, flácido, esquecido dos distantes prazeres do amor. Sara, sua mulher, enrugada, seios murchos e compridos, pendurados, velha – só lhe restavam os prazeres da cozinha. E ela estava cozinhando para dois hóspedes quando ouviu a conversa que se desenrolava na sala. Um deles se pôs a dizer disparates. Com certeza bebera demais. Pois ele afirmou que ela ficaria grávida e teria um filho. Sara teve um ataque de riso – riu tanto que entornou o guisado que preparava. Os visitantes se ofenderam e, como castigo, disseram que o filho que ela ia ter chamar-se-ia Isaque, que quer dizer “riso”. Ela não sabia: eram anjos...

Esses são os Anjos das Coisas Impossíveis. São eles que ressuscitam os mortos, engravidam as virgens, fazem brotar fontes nos desertos, fazem florescer as árvores sob a neve, nos ensinam a esquecer e nos dão alegria quando não há razões para a alegria. Eles tocam os velhos com a sua espada e coisas assombrosas acontecem...

Mas que perfume mais gostoso! Será jasmim, magnólia ou flor de jabuticabeira? Ou será que foi um anjo que passou por aqui?

Para mim os anjos são seres nasais. Eles se me revelam sob a forma de perfume. Será jasmim, magnólia? Ou será um anjo que passou por aqui?




Escrito por Josilene Sousa às 21:59:46
[] [envie esta mensagem]



Mamãe..
Dei uma pequena invadida aqui..
Só pra fala q eu ti amo muito..
E adoro ti ver como vc está..
tão bem..

Vc sabe que alem de tudo
Nos somos amigas eternas ne?

Um bejaum


Da sua filhota

Pérola

 

 



Escrito por Josilene Sousa às 20:17:18
[] [envie esta mensagem]



"Se"

Djavan - by Djavan

Você disse que não sabe se não
Mas também não tem certeza que sim
Quer saber?
Quando é assim
Deixa vir do coração
Você sabe que eu só penso em você
Você diz só que vive pensando em mim
Pode ser
Se é assim
Você tem que largar a mão do não
Soltar essa louca, arder de paixão
Não há como doer pra decidir
Só dizer sim ou não
Mas você adora um se...

Eu levo a sério mas você disfarça
Você me diz à beça e eu nessa de horror
E me remete ao frio que vem lá do sul
Insiste em zero a zero e eu quero um a um
Sei lá o que te dá, não quer meu calor
São Jorge por favor me empresta o dragão
Mais fácil aprender japonês em braile
Do que você decidir se dá ou não. 



Escrito por Josilene Sousa às 12:38:41
[] [envie esta mensagem]



OS SIGNOS E O SEXO

Quem olha para um capricorniano não diria que ele tem tempo para o amor. Afinal, esta sempre muito ocupado, com muito trabalho. Realmente, este não é o setor de maior preocupação na sua vida e, sua vida afetiva, em geral, está sempre em segundo plano. Mas os capricornianos são muito decididos e objetivos em relação a sexualidade. Muitas vezes, se não estão envolvidos emocionalmente,  abordam o parceiro de forma seca e clara dizendo diretamente quais são suas intenções, e perguntando, de forma objetiva, se ele quer  compartilhar uma (boa) noite de prazer.

Aquarianos estão sempre abertos a novas experiências e novos relacionamentos. Para eles, a sexualidade é mais uma forma de 'conhecer pessoas'. É comum que tenham alguma pressa em atingir o orgasmo, porque estão sempre ansiosos, querendo mudar de cena. Pouco românticos, talvez passem muito rapidamente dos 'entretanto' aos 'finalmente'. Livres de qualquer preconceito, podem ter gostos excêntricos e diferentes para escolher seus parceiros. Também não se vêem obrigados a interpretar um rígido papel sexual. De todos os signos, este é o mais aberto a viver o prazer mais na base da amizade e sem vínculos, se for de mútuo acordo.

Piscianos são bastante sensíveis e receptivos, e se entregam totalmente ao parceiro. Gostam de beijos longos e são donos de um olhar de quem está sempre vendo além da realidade. Normalmente, idealizam a sexualidade e têm muitas fantasias eróticas, que quando tentam realizar algumas vezes ficam frustrados. Gostam de mistificar o parceiro, e quase sempre se envolvem emocionalmente. Dificilmente percebem que estão sendo desejados por alguém. Muitas vezes, vivem amores platônicos com a mesma paixão com que se estivessem vivendo um relacionamento 'real'.



Escrito por Josilene Sousa às 01:32:43
[] [envie esta mensagem]



OS SIGNOS E O SEXO

Os librianos estão sempre mais preocupados em agradar o seu parceiro do que se satisfazer. Têm grande facilidade para absorver os desejos do outro e fazem o possível para deixá-lo satisfeito. Gosta de ser admirado, e talvez encontre mais prazer na arte da sedução do que no sexo propriamente dito. O homem de Libra é um galante conquistador, pois precisa provar a si mesmo sua masculinidade. A mulher busca a realização através de um elo de compromisso com o parceiro. Um outro detalhe é que os librianos preferem exercer sua sexualidade em um relacionamento.

Os escorpianos reagem muito bem ao sexo. Para eles, a sexualidade é uma necessidade tão básica quanto comer ou dormir, e, algumas vezes, talvez até mais importante. Sedutor e muito sensual, é capaz de ver sexo em tudo. É através do sexo que os escorpianos buscam transcender seus próprios limites e tornar a vida intensa, sem lugar para a rotina. Têm grande curiosidade que os impele a investigar tanto a sua sexualidade quanto a das outras pessoas e, de preferência, de forma prática!

Os sagitarianos tem uma relação muito clara com o prazer nas mais diversas áreas de sua vida. Costumam ter uma vida sexual bastante variada, por sua falta de cerimônia. Sabem detectar a oportunidade e seguem em frente. Como têm muito carisma, estão sempre rodeados de admiradores acreditando estar apaixonado por todos. Gostam de um pouco de 'aventura' no sexo, porque abominam a rotina!



Escrito por Josilene Sousa às 01:31:48
[] [envie esta mensagem]



OS SIGNOS E O SEXO

Os cancerianos gostam de penumbra, luz de velas, muito namoro e troca de olhares para criar o clima romântico necessário para que eles se envolvam sexualmente. O parceiro deve corresponder a todas as suas fantasias de 'contos de fadas'. Inclusive com a promessa de 'felizes para sempre' (ao menos NAQUELE momento)! Muito carinhosos e receptivos, não desvinculam o amor da sexualidade, o que possibilita que sintam muita emoção. O 'depois' é importante para os nativos deste signo, que querem estabelecer uma ligação nesse momento.

Os leoninos são amantes insaciáveis e movidos pelo prazer. Conhecedores do seu próprio corpo, exigem do parceiro  o mesmo nível de experiência sexual que eles proporcionam. São bastante criativos na hora de amar, gostando de espelhos e luz. É através do corpo que eles buscam atingir um estado mais elevado, algo assim como êxtase divino ou orgasmo cósmico. O momento do sexo é 'especial' para os representantes deste signo, que nunca o transformam em algo banal.

Virginianos, com sua aparência pudica e moralista, escondem intensos desejos. Têm dificuldade para dar demonstrar seus instintos sexuais porque estão sempre em uma postura social rígida. Apesar disso, são amantes impulsivos que somente conseguem demonstrar isto quando se sentem seguros em relação ao outro. Não são apreciadores de demonstração afetiva ou sexual em público, mas essa postura é totalmente diferente entre quatro paredes!



Escrito por Josilene Sousa às 01:30:30
[] [envie esta mensagem]



OS SIGNOS E O SEXO

 Sexo é bom, e a gente gosta. O signo solar pode mostrar suas tendências de comportamento em relação ao sexo. Normalmente, os signos dos mesmos elementos (veja artigo Os 4 elementos -www.vanessatuleski.com.br) têm maior afinidade, pois possuem a mesma forma de expressão, o que gera uma certa ‘confiança’ entre os parceiros.
As descrições abaixo são apenas para os doze signos solares. De acordo com o exame do mapa astral, outras nuances e sutilezas são acrescentadas, e mesmo podem modificar algo que possa estar sendo afirmado sobre o signo (em particular, a posição de Vênus para as mulheres e de Marte paras os homens), embora alguma coisa da descrição para o signo solar sempre permaneça.

Arianos são geralmente impetuosos, com o sangue fervendo em sua peles. As pessoas deste signo fazem o tipo 'amante latino'. Não são muito preocupadas com a qualidade de sua experiência, e sim, em satisfazer seus próprios desejos. Esquecem de observar se o parceiro(a) está gostando ou não. Centrados em si mesmos e seguindo seus instintos, os arianos acreditam que se mostrarem toda a sua voracidade serão amados e admirados pela outra pessoa. Para eles, sexo tem de ser uma experiência 'quente' e movimentada!

Para os taurinos, afeto e sexo se misturam. São doces sedutores. Não resistem a um carinho no pescoço (seu ponto mais sensível), e são capazes de enlouquecer o parceiro com suas carícias sensuais. Gostam de sexo devagar, como se quisessem possuir aquele momento e fazê-lo tornar-se eterno. São admiradores da arte, procuram pessoas belas e gostam de lugares aconchegantes para desfrutar o prazer.

Geminianos gostam de fazer amor conversando com o parceiro, como se estivessem sentados à mesa de um bar. Quando sua experiência vai se tornando mais intensa, passam então a descrevê-la com frases objetivas, porém com um timbre de voz mais enfatizado. Depois do orgasmo, começam então a contar alguns casos que fazem parte de sua 'pesquisa' sobre sexualidade. De qualquer forma, os geminianos sempre fazem os parceiros sentirem-se seus melhores amigos, escapando de qualquer tipo de vínculo. Também tornam o encontro sexual algo leve e divertido. 



Escrito por Josilene Sousa às 01:29:26
[] [envie esta mensagem]



Conclusões

Segundo Gardner, não considerando os casos em que há alguma lesão, todos nascem com o potencial das várias inteligências, que eu analiso como os signos, casas e aspectos astrológicos.

 

Gardner diz que o ambiente, que inclui todos os estímulos culturais, pode favorecer o desenvolvimento de algumas inteligências e deixar de aprimorar outras. É o que dá a cada um seu perfil particular e o transforma em ser único.

 

O bom de tudo isso é que a teoria da inteligência rejeita qualquer possibilidade  de medi-la pelos métodos convencionais, principalmente pelos terríveis testes de Q.I. (quociente de inteligência), os quais avaliam apenas as manifestações das competências lógico-matemático e lingüística, não incluindo todo o espectro da inteligência.

 

Na realidade, somos todos inteligentes e deveríamos perceber isto, nos concentrando em áreas em que nos manifestamos mais facilmente. Nos especializando nelas para colocarmos para fora todo o nosso potencial. 



Escrito por Josilene Sousa às 01:27:23
[] [envie esta mensagem]



As crianças de Água

São inconstantes. Não consegui identificar porque às vezes fazem seus trabalhos de forma muito criativa e, em em outras, não conseguem e querem desistir. Um mesmo trabalho pode tanto ser feito de uma forma como de outra. Precisam de apoio emocional, da presença de alguém com quem eles se sintam seguros. Há diferença quando estou por perto, conversando, falando sobre suas famílias e amigos, fazendo carinho e dando atenção e quando não ajo desta maneira.

 

Câncer

 

Cancerianos: demoram a começar o trabalho. Andam pela sala olhando dos colegas, perguntando porque eles estão fazendo assim ou assado. Ajudam os colegas a fazerem os seus trabalhos e vão deixando o seu por último. No fim, entregam um trabalho que expressa o contato feito com cada um de seus colegas.

 

Escorpião

 

Escorpianos: difícil é não reconhecer um trabalho de um escorpiano. Há uma grande facilidade em relatar os aspectos negativos das atividades. Empregam cores escuras e seus trabalhos têm um certo ar de “desleixo”. Muita mistura, de uma forma que nos causa um desconforto ao vê-lo. Entretanto, como tudo neles é intenso, quando gostam de uma atividade isto é percebido de pronto, porque eles utilizam toda a sua criatividade anterior, mas quando não gostam dificilmente vão com a atividade até o final.

 

Peixes

 

Piscianos: nunca os vi valorizarem o que fazem. São chorões e existe uma necessidade muito grande de estimulá-los para que produzam. Conseguem criar na cabeça e expressar sua criação falando dela, mas na hora de colocá-la em prática, no papel, a dificuldade aparece. Se sentem impotentes com os trabalhos, sofrem ao tentar concretizá-los. Quando terminam seus trabalhos, o resultado é sempre surpreendente, há um algo mais, um toque sempre muito sutil e especial.



Escrito por Josilene Sousa às 01:26:46
[] [envie esta mensagem]



As crianças de Ar

Dificuldades em realizar as atividades sozinhos. Apresentam muitas dúvidas. Não se sentem satisfeitos com o seu trabalho. Não conseguem perceber o quanto o que fazem é bom e acabam captando as idéias dos outros.

 

Gêmeos

 

Geminianos: gostam mais de um bom papo do que de colocarem a mão na massa. Tentam me enrolar para não fazerem. Por mais que eu explique que é preciso usar mãos e a boca de forma que um não supere o outro é uma grande dificuldade mantê-los concentrados. Qualquer coisa os faz desviar a atenção da atividade. Atrapalham muito os colegas com sua desatenção. Por fim, sentam e entregam o trabalho como se toda esta demora fosse uma fonte de pesquisa.

Libra

 

Librianos: percebo duas fortes tendências. Alguns precisam se sentir copiando, seja dos colegas ou de um molde, enquanto outros são incentivados com material extra, especial, aquele material que só eles têm. Aí o trabalho flui fácil, se sentem mais seguros e conseguem produzir.

 

Aquário

Aquarianos: seus trabalhos são sempre muito originais, até mesmo estrambólicos, misturam tudo o que vem pela frente. Sempre usam todo o seu material e, se bobear, os dos amigos também. Muito criativos quando se dá liberdade para criarem o que bem entenderem. Seus trabalhos nunca se parecem em nada com os dos colegas, e mesmo que você repita a atividade são sempre capazes de produzir algo bem diferente do que já fizeram.

 



Escrito por Josilene Sousa às 01:26:12
[] [envie esta mensagem]



As crianças de Terra

Usam cores fortes, perguntam no que aquilo será usado. Precisam ter um objetivo concreto, que quando é explicado faz com que o trabalho flua melhor. Se você não consegue passar um objetivo para aquilo ser feito aquilo ficam lentos e não conseguem terminar, perdendo o interesse.

 

Touro

 

Taurinos: têm dificuldade para atividades abstratas. Normalmente se isolam, questionam e só ouvem a mim, orientadora, mesmo que um colega dê a mesma resposta. Mas não desistem facilmente da atividade. Seus trabalhos têm poucos adereços, utilizam pouco material. Uma particularidade: gostam de colocar uma seta indicativa sobre o seu desenho dizendo o que é e para o que serve.

 

Virgem

 

Virgem: têm dificuldade em aceitar as atividades de pronto. Reclamam, querem fazer do “seu jeito”, dizem que não farão. É uma batalha conseguir convencê-los a realizar o trabalho. Resmungam pelos cantos em tom baixo de voz. Quando os ignoro, e as suas lamentações e criticas, eles fazem as atividades quietos e bem concentrados, transferindo seu potencial para a briga para o material de trabalho. São os últimos a entregar o trabalho, mas o mesmo vem sempre vem impecável e bem feito.

 

Capricórnio

 

Capricórnio: quando sua mente não se dispersa, entendem de pronto a atividade. Pegam seu material e se entregam a ele. Fazem com capricho e um certo carinho. Gostam de levar suas atividades para casa, acredito que para mostrarem a sua família aquilo que conseguiu criar. Não têm dificuldade para as atividades criativas abstratas, a não ser em alguns momentos.



Escrito por Josilene Sousa às 01:25:33
[] [envie esta mensagem]



A idéia da pesquisa prática com inteligências II

Não consigo entender uma astrologia que não seja prática, usada no cotidiano. Dando aula a crianças de periferia de Cidadania e Convivência Moral, também chamada de evangelização espírita, depois de um curso sobre as IM, resolvi colocar em prática um outro tipo de abordagem: uma mistura de astrologia com as IM. Como não tinha os horários exatos de nascimento para levantar os mapas pessoais, comecei com um estudo básico, no qual usei o conceito de Inteligência como sendo Mercúrio, que é o planeta que nos dá a capacidade de entender e “digerir” o que está a nossa volta.

Dividi meus alunos em grupos de elementos  Fogo, Terra, Ar e Água e comecei a aplicar atividades relacionadas às inteligências. Meus alunos que tinham dificuldades desde aprendizado, e até de socialização, tiveram mudanças em seus comportamentos e uma melhora de 45% na sua participação em aula comigo, sendo que o aprendizado escolar também deu sinais de melhora. Abaixo, os resultados obtidos com esta metodologia.

As crianças de Fogo

Fazem diversos trabalhos sobre o mesmo tema. Sua produção é alta. Não conseguem dividir suas idéias com os outros colegas. Impacientam-se com aqueles que demoram a entender a atividade pedida. Preferem fazer para os outros a explicar.

 

 

Arianos: começam vários trabalhos, jogam fora, começam de novo, olham os dos outros, recomeçam, até que se “encontram” e fazem o seu de forma pessoal. Usam cores vivas, riscos e se dão bem com trabalhos nos quais possam empregar elementos da natureza como pedras, terra, folhas, etc.

 

Leão

 

Leoninos: conseguem se expressar rapidamente na atividade. Não gostam que olhem o seu trabalho e os entregam de forma que os outros não vejam, com a folha ou cartaz virado, por exemplo. Não apreciam dividir sua experiência com os colegas. Têm medo de serem copiados, mas são capazes de copiar dos colegas na cara dura. Colocam defeito no trabalho dos outros, em especial se forem muito diferentes dos seus. Percebem a insegurança dos elementos de Ar e Água e usam isto contra eles, deixando-os mais inseguros.

 

Sagitário

Sagitarianos: o difícil é trazer alguma atividade que ele já não tenha feito ou que ele não conheça alguém que já não tenha realizado. De uma forma muito particular, os sagitarianos sabem e conhecem tudo e, pior, não nos deixando dizer o que queremos. Interrompem, de maneira que é preciso repetir diversas vezes qual é a atividade e o objetivo. Fazem o trabalho várias vezes até que conseguem entender o que foi pedido. Seus trabalhos são uma mistura do que eles acreditam que deveria ser com aquilo que foi especificamente solicitado.



Escrito por Josilene Sousa às 01:24:59
[] [envie esta mensagem]



AS DOZE INTELIGÊNCIAS I

Josilene Sousa Astróloga desde a década de 80, dá consultas individuais, é professora de astrologia e responde como consultora pelas revistas mensais 'Horóscopo & Sorte', 'Sonhos', 'Signos & Magias' e as publicações especiais 'Todos os Signos' e 'Guia de Todos os Signos', consultora do depto de astrologia da Editora Novo Mundo em Bauru, interior do Estado de São Paulo.

As doze inteligências e os signos

Antes da publicação dos estudos das “Inteligências Múltiplas” (IM) elaborado por Howard Gardner, o conceito de inteligência era dividido em Exatas, Humanas e Biológicas. Ou você tinha aptidão para elas ou não era inteligente! Na mesma linha de estudo vem Daniel Goleman, dizendo que também temos inteligência emocional.

Afinal, o que mudou na Inteligência do homem? Nada, o que mudou foi o conceito. Hoje, a inteligência é definida como "a capacidade de resolver problemas ou elaborar produtos valorizados em um ambiente cultural ou comunitário". O que eles não sabem é que a Astrologia já estava uns bons passos a frente e encarava a inteligência exatamente assim. Ou seja, uma ciência que atravessa séculos já sabia que inteligência era algo mais amplo. Infelizmente, este estigma de que a astrologia só é previsão de futuro acaba provocando um certo atraso na nossa cultura, na nossa civilização e, porque não dizer, no nosso progresso. A astrologia tem muito mais para oferecer do que se imagina. Já pensou se Gardner ou Goleman conhecessem Mercúrio ou a Lua em signos, casas e aspectos? Isso porque quero ser bastante objetiva, afinal os 12 signos, os 10 planetas e os vários aspectos que podem ser produzidos por eles nos levariam a uma infinidade de inteligências múltiplas e emocionais.

Hoje não se valoriza somente a inteligência lógico-matemática, graças a Deus, porque sou péssima nela. O fato de não termos habilidades em uma determinada área não significa que não sejamos inteligentes.

Howard Gardner, acompanhando o desempenho profissional de pessoas que haviam sido alunas fracas, surpreendeu-se com o sucesso obtido por várias delas, e, a partir disso, passou então a questionar a avaliação escolar, cujos critérios não incluem a análise de capacidades alternativas que são importantes na vida das pessoas.  E, o que é fantástico, ele concluiu que as formas convencionais de avaliação, as terríveis provas, apenas traduzem a concepção de inteligência vigente na escola, limitada à valorização da competência lógico-matemática e da lingüística.

Gardner estabeleceu vários critérios para que uma inteligência seja considerada como tal, desde sua possível manifestação em todos os grupos culturais até a localização de sua área no cérebro. Ele identificou sete inteligências, mas não considera este número definitivo. Lembra o que falei sobre ele conhecer um pouco de astrologia?



Escrito por Josilene Sousa às 01:22:57
[] [envie esta mensagem]



Lilith, A Lua Negra

Josilene Sousa para www.vanessatuleski.com.br

 A  Lilith (ou Lua Negra) é um ponto astronômico correspondente ao grau do apogeu (1) da órbita lunar projetado na eclíptica zodiacal.
 
O modelo feminino permitido ao ser humano pelo padrão ético judaico-cristão baseia-se no de um fragmento do ‘primeiro ego’, que seria Adão. Vários textos históricos (2), no entanto, citam uma variante, a criação de Lilith, a primeira mulher, feita em igualdade de condições com o primeiro homem, e expulsa do Paraíso por tentar fazer valer essa igualdade.

Não se sabe com certeza de que forma a lenda de Lilith, esta primeira companheira de Adão, foi banida da versão Bíblica da Igreja. Mas indo às Escrituras hebraicas poderemos encontrá-la como uma mulher feita de pó negro e excrementos, portanto, condenada a ser inferior ao homem. No fundo, Lilith já fora criada como um demônio, tendo gerado, juntamente com Adão, outros seres iguais a ela, que se vingam contra a humanidade . Essa natureza satânica é, por assim dizer, uma advertência do que a cultura rabínica e patriarcal nos faz com relação àquela que perturbou a noite toda o sono de Adão: Lilith, feita de sangue (menstruação) e saliva (desejo), é expressão de fatalidade. Neste ponto, Lilith é mais fiel ao protótipo da mulher do que a submissa Eva, embora ambas tenham sido veículo do pecado. Só que a recusa ao desejo, ao sonho erótico que subtraiu a porção divina de Adão chega, com Lilith, a extremos surpreendentes após a separação deste casal.

Lillith

O alfabeto Bem Sirá (século VI ou VII) conta que Lilith, inconformada com a situação de desigualdade vivida com Adão, questiona: "Por que devo deitar-me embaixo de ti? Por que ser dominada por você? Contudo, eu também fui feita de pó e por isso sou tua igual." E Adão, ciente da supremacia do homem, nega-se a mudar a ordem. Lilith revolta-se, pronuncia o nome mágico de Deus, acusa Adão e vai embora. Voa para as margens do Mar Vermelho, onde passa a viver em promiscuidade com os diabos, gerando cem demônios por dia, os chamados Lillim. E lá ela se transforma e assume seu tenebroso destino, seduzindo homens em seu sonho, espalhando a morte, pois foi declarada guerra ao Pai.

Encarnando o feminino negativo, Lilith transfigura-se, posteriormente, em inúmeras deusas lunares (Ihstar, Astarte, Isis, Cibele, Hécate), arquétipos das forças incontroláveis do submundo – a Lua Negra. Até ser personificada pela bruxa, na Idade Média, contra a qual o homem moveu uma das mais sangrentas perseguições de toda a sua história.

Mas existem muitas outras histórias sobre Lilith. Dizem que ela significa a outra ou o outro num triângulo amoroso. Para os assírios, era considerada um demônio. Alguns estudiosos dizem que ela era a mulher de Samuel, da qual surgiram as imagens de Adão e Eva. No Zohar também é assimilada como a rainha dos demônios que incitava os homens. Na Kabala, pode corresponder ao 10º sefiroh, Malkuth, que reina no submundo e na escuridão, incapaz de contatar com Deus, sempre sujeita a tentações e frustrações.



Escrito por Josilene Sousa às 01:19:26
[] [envie esta mensagem]



O MITO DA LUA, regente de Câncer

Josilene Sousa para www.vanessatuleski.com.br

         

A Lua é a mulher do Sol, sua filha ou sua irmã, conforme os mitos. É a Grande Mãe que nutre e dá forma à semente. A semente divina, plantada pelo pai Sol é o homem, Horus, Krishna ou Cristo.

No Egito a Lua é Ísis, a Mãe da Terra. Ísis é esposa e irmã de Osíris. Sua figura mágica despertava os mortos e transformava o metal em ouro. Protegia as crianças, o parto, a agricultura. Era mãe conselheira e guardiã dos deuses.

Em Roma, o Vaticano foi erguido num local onde antes venerava-se a deusa-mãe, que, no cristianismo é a Santa Madre Igreja. É Maria, a mãe de Cristo.

Entre os gregos era Selene. Foi amante de Pã, que a presenteou com um rebanho de bois brancos. Dizem que teve 50 filhas com o pastor Endimião. é representada por uma jovem percorrendo o céu num carro prateado puxado por 2 cavalos. Era uma deusa secundária que foi substituída por Diana, como Helios foi substituído por Apolo. Diana protegia o nascimento, mas era virgem.

Aparece também como Hécate, que concedia prosperidade material e depois passou a presidir os encantamentos e a magia, tornando-se terrível feiticeira. Era, ainda, Proserpina, que reinava no mundo dos mortos com Plutão/Hades.

A Lua é a alma que inspira e sustenta o Sol. No Mapa Astral são os seus desejos, a figura materna, aonde você é oscilante e tem mais sensibilidade.

     



Escrito por Josilene Sousa às 01:16:52
[] [envie esta mensagem]



O sol em Câncer II

A flutuabilidade é uma característica canceriana, também. Repare que nenhum deles acorda bem humorado logo de manhã. Isso seria apenas um dos aspectos da sua flutuabilidade. O outro seriam aqueles 'ataques de mau humor'. Eu recomendaria não ligar muito para eles, porque passam tão rápido quanto chegam. E gostaria de dar uma explicação para a flutuabilidade canceriana. Câncer é regido pela Lua, que tem 4 fases. O canceriano também tem suas 'fases'. A Lua é o 'planeta' (na Astrologia é considerada um planeta) que se move mais rapidamente, e por isso entra em contato com diversos outros planetas, o que provoca estados de humor diferentes. Ora, se todos nós reagimos 'conforme a Lua' (*) , mesmo que não nos apercebamos, que dirá os cancerianos, que parecem que tem 'antenas', que captam praticamente tudo no ar? É natural que tenham estados de humor. E você deve entender que é parte da personalidade deles. Por isso, quando atravessam uma fase, é inútil vir com filosofias de 'pensamento positivo' e explicações racionais. A riqueza de todo o canceriano, aquilo que nos atrai para eles, é a sua capacidade de se emocionar, de viver cada momento, de ser sensível. Quando você simplesmente compreendê-lo e der apoio, ao invés de questioná-lo ou querer que ele saia rapidamente daquele estado, estará no caminho certo.

Acredito que a maior virtude do canceriano é manter-se do seu lado quando você passa por uma dificuldade. Jamais ele irá abandoná-lo. Além disso, o canceriano não é distanciado e imparcial como o são os signos de Gêmeos, Libra e Aquário, por exemplo. É claro que não ser imparcial tem seu lado negativo, mas em uma hora em que você precise do canceriano, não importa o que você fez, ele está ao seu lado. Pode ser até que ele fale que você está errado, mas isso a sós, e nunca na frente de outra pessoa. É por isso que ele pode ficar bastante magoado se, em uma briga ou problema qualquer, você não tomar o partido dele, tentar resolver as coisas como um 'juiz'. O canceriano não é um juiz e - acredite - ele acha esse comportamento uma das piores deslealdades do mundo. A razão (o 'certo' e o 'errado') não é a maneira de julgar de um canceriano. Ele julga por 'gosto' ou 'não gosto'. Uma pessoa 'certa', de quem ele 'não gosta', para ele é 'errada'. E uma pessoa 'errada' de quem ele 'gosta' está 'certíssima'! Por isso, esse não é o signo do 'politicamente correto'! Não espere 'coerência' no seu modo de agir porque são os sentimentos que estão o guiando. Assim, se ele está com alguém que vem o maltratando, por exemplo, não é através da razão que ele dará um corte, são os sentimentos que ditarão quando isso acontecerá. Se ele realmente 'sentir' (e não 'pensar') que não é apreciado, talvez ele ainda tente um tempo, o tempo para ele ficar realmente magoado e nunca mais querer ver aquela pessoa novamente.

(*) É nesse princípio que está baseada a seção 'O Astral de Hoje'.



Escrito por Josilene Sousa às 01:15:16
[] [envie esta mensagem]



O sol em Câncer

Por Vanessa Tuleski 

Principal Característica: sentimento
Qualidade: empatia, sensibilidade
Defeito: possessividade, apego ao passado, flutuabilidade

 "A ti Câncer, atribuo a tarefa de ensinar aos homens a emoção. Minha Idéia é que provoques neles risos e lágrimas, de modo que tudo o que eles vejam e sintam desenvolva uma plenitude desde dentro. Para isso, Eu te dou o Dom da Família, para que tua plenitude possa se multiplicar."
E Câncer voltou ao seu lugar.
(Original de Martin Schulman – Karmic Astrology: The Moon’s Nodes and Reincarnation, 1977)

Câncer é o signo regido pela Lua, símbolo das mulheres, do sentimento, da mutalibilidade e do feminino. Por isso, a base da personalidade do canceriano é a mãe. Não estamos querendo dizer que o pai não seja importante, mas o modelo do canceriano, quer ele goste ou não, é a mãe. Isso explica o porquê de ele saber o que está se passando com as pessoas. Câncer é o signo que reproduz a vivência que se tem no útero, quando tudo o que acontece com a mãe, de bom ou ruim, afeta a criança. Essa mesma percepção que tinha no útero o canceriano terá com as pessoas que estão ao seu redor e que são importantes por ele. Por isso, não tente enganá-lo dizendo que 'está tudo bem com você' quando não está: ele realmente saberá que está mentindo.

A relação com do canceriano com a mãe é tão especial que só pode ser de amor ou ódio. Ele se sente tão ligado a mãe que se ela não é boa para ele, é como se lhe faltasse alimento. Ele também é sensível as ‘chantagens’ da mãe. A mãe de um canceriano precisa ser especialmente conscienciosa, porque se ela quiser prender o filho, conseguirá, mas isso só poderá ser prejudicial para o mesmo, já que um canceriano só completa a sua identidade se a mãe lhe oferecer liberdade.

O relacionamento com a mãe explica como o canceriano reage à vida. Ele nunca é indiferente a ela e, por isso, o que mais pode magoar um canceriano não é largo espectro de emoções - tais como a fúria, a tristeza, a saudade, a alegria, o medo - e sim, a ausência de delas. Ele prefere que você manifeste algo ao invés de ser frio, indiferente ou seco.

A mulher de Câncer fica muito à vontade com esse signo. Ela é muito próxima da sua mãe, uma pessoa forte e determinada. A canceriana cresce para ser tão forte quanto ela, por isso não se engane com um jeito aparentemente menos assertivo. Assim como a mãe, ela protege as pessoas de quem gosta e espera uma grande dose de lealdade por parte delas. Para a canceriana, não importa quão machista o mundo pareça ser, isso não a aborrece (como o faz a uma leonina, por exemplo). Ela acha que o 'poder' não é algo feito com palavras e comportamentos mandões. Ela percebe que, no dia a dia, existem muitas formas de se conseguir o que se quer de um jeito muito mais eficaz e sutil e essa é uma das razões por que os cancerianos são conhecidos por serem 'bons chantagistas'! E também bons vendedores!

O homem de Câncer já não está tão à vontade com o seu signo solar. A sociedade espera que ele 'pertença ao mundo dos homens', mas ele preocupa-se muito mais com a opinião da mãe e da família do que os seus colegas de outros signos. Algumas vezes, durante a infância e o final da adolescência, ele ainda é muito caseiro, quando todos ao seu redor esperam que ele saia de casa. Quando ele encontra um grupo com o qual se afina, essa se torna a sua 'segunda família' e aquela timidez inicial parece que vai por água abaixo! Como companheiro, ele pode entender mais a sua mulher, compreender o que está se passando com ela, pois assim como esteve próximo da sua mãe estará próximo da sua esposa.

Vamos falar a respeito de um dos defeitos de Câncer: o apego excessivo ao passado. As cancerianas sonham com romances que já terminaram e os cancerianos relutam em terminar relacionamentos que já estão falidos só por causa da segurança que oferecem. E, enquanto a canceriana tem o desejo de formar logo a sua família (fazendo um papel tão ativo quanto a sua mãe fazia), o canceriano reluta em sair do lar e das comodidades que ele oferece. Ambos tendem a achar o sistema de vida que conhecem o melhor e desejam reproduzi-lo no futuro, coisa que pode exasperar um companheiro que gostaria de começar 'do zero'.

O apego ao passado significa que o canceriano tem longa memória. E isso é ruim quando você quer que ele esqueça um fato negativo. Ele pode perdoá-lo, mas jamais irá esquecer se você o magoou. Você pode insistir e ele pode até dizer que 'esqueceu', mas não é verdade. Aquilo ficará guardado, e retornará se algum dia você fizer algo parecido ou acusá-lo de algo que ele fez. Ele o lembrará daquele acontecimento, porque ele não esquece nada de bom ou de ruim que lhe fizeram.

Outra coisa que citamos como defeito é a possessividade. Você é canceriano e não se acha possessivo? Pois bem, e quando um amigo se retira bruscamente do seu círculo social, será que você o perdoa? E quando a pessoa de quem você gosta conversa com todo mundo indistintamente, o que você sente? Bem, poucos os são os cancerianos que não sentem nada ou 'acham normal', principalmente se estão bastante envolvidos.

 



Escrito por Josilene Sousa às 01:14:51
[] [envie esta mensagem]



Não dando a menor atenção!!!!

Um dia inteiro na maior expectativa.... Ansiedade..... Saudade......

                                                                                            Pra ouvir "tchau" por qq besteira!!!!!

                                                                                                                                                Pq? Pra q?

 

 



Escrito por Josilene Sousa às 01:11:24
[] [envie esta mensagem]



Eu sou tão simples!

Me faço explicar pelo que penso, me faço conduzir pelo que sinto. Eu gosto de ver ANJOS!!!!!

 



Escrito por Josilene às 15:23:05
[] [envie esta mensagem]



Feitiço e cegueira!!!!

 

Há algum tempo atrás... acho q muito tempo atrás.... assistindo a um filme com a Sandra Bullock e a Nicole Kidman onde elas eram feiticeiras....

A Bullock faz um “feitiço” para q nunca encontre alguém para amar.... então pensei, e eu, tenho algo especial q eu gostaria q alguém q tocasse meu coração fosse/fizesse/tivesse?

 

E pensei:

  • Teremos algo em comum q tenha mexido com o nosso coração de alguma forma .... Cidade dos Anjos!
  • No nome dele haverá um símbolo q me represente.... A Estrela!
  • Ele me mostrará um outro lado de algo que eu saiba, mas não dê importância e então será importante para nós dois .... Anjos!
  • Teremos um jeito de expressar nossos sentimentos que só nós vamos conhecer, como se fosse um idioma do nosso universo ..... Ti ANJO!

 

Como nem tudo é perfeito, me esqueci q tudo isso tb deveria chamar a atenção dele e ele perceber que seriamos especiais um para o outro!!!!

 

Ah! “meio de campo”, como vc é cego!!!!!

 



Escrito por Josilene às 15:13:51
[] [envie esta mensagem]



Classificação dos Sonhos

Martins Peralva [Estudando a Mediunidade] propõe a classificação dos sonhos em:
Sonhos Comuns

Seriam as lembranças dos quadros que permanecem impressos em nossas própria mente. Estão relacionados com o nosso cotidiano. Muitas vezes, ficamos presos ao corpo pelas preocupações materiais, idéias fixas, aspirações comuns e nos ligamos ao que mais nos preocupa ou fascina. São muito freqüentes, dada à nossa condição espiritual.


Sonhos Reflexivos
São aqueles em que o desprendimento ou emancipação da alma permite um mergulho mais profundo em nossos registros perispirituais, recuperando imagens, cenas de vidas passadas. Estas imagens são coerentes e se apresentam mais nítidas, como cenas de um filme. Os sonhos reflexivos podem ser conseqüentes, algumas vezes, a determinado fato de nossa vida real que nos leva a vivenciar cenas do pretérito, ou ainda, poderão ser induzidos por Espíritos desencarnados superiores ou inferiores.

Sonhos Espíritas
São lembranças de nossa vivência real no mundo dos Espíritos. São recordações de encontros, estudos que participamos, conversas, tarefas que desenvolvemos, etc. Podem ocorrer também, perseguições e acontecimentos desagradáveis, sempre em função de nossa sintonia espiritual.



Escrito por Josilene às 23:45:29
[] [envie esta mensagem]



Anjos e Demônios

"Os seres a que chamamos anjos, arcanjos, serafins, sao os Espiritos puros: os que se acham no mais alto grau da escala e retinem todas as perfeicoes."

"Os anjos percorreram todos os graus. Uns, aceitando sem murmurar suas missoes, chegaram depressa; outros gastaram mais ou menos tempo para chegar 'a perfeição."

"Se houvesse demonios, seria isso obra de Deus, criador de todas as coisas. No caso lhe faltaria os dois principais atributos, ou seja, misericordioso e justo. E' notoria insensatez a ideia de que Deus poderia ter criado seres destinados eternamente ao mal e a permanecerem eternamente desgracados."



Escrito por Josilene às 23:38:25
[] [envie esta mensagem]



Prática Espírita

Prática Espírita

Toda a prática espírita é gratuita, dentro do princípio do Evangelho: "Dai de graça o que de graça recebestes".

A prática espírita é realizada sem nenhum culto exterior, dentro do princípio cristão de que Deus deve ser adorado em espírito e verdade.

O Espiritismo não tem corpo sacerdotal e não adota e nem usa em suas reuniões e em suas práticas: paramentos, bebidas alcóolicas, incenso, fumo, altares, imagens, andores, velas, procissões, talismãs, amuletos, sacramentos, concessões de indugência, horóscopos, cartomancia, pirâmides, cristais, búzios, rituais, ou quaisquer outras formas de culto exterior.

O Espiritismo não impõe os seus princípios. Convida os interessados em conhecé-lo a submeter os seus ensinos ao crivo da razão antes de aceitá-los.

A mediunidade, que permite a comunicação dos Espíritos com os homens, é um dom que muitas pessoas trazem consigo ao nascer, independentemente da diretriz doutrinária de vida que adote.

Prática mediúnica espírita só é aquela que é exercida com base nos princípios da Doutrina Espírita e dentro da moral cristã.

O Espiritismo respeita todas as religiões, valoriza todos os esforços para a prática do bem, trabalha pela confraternização entre todos os homens independentemente de sua raça, cor, nacionalidade, crença ou nível cultural e social, e reconhece que "o verdadeiro homem de bem é o que cumpre a lei de justiça, de amor e de caridade, na sua maior pureza".

"Nascer, morrer, renascer, ainda, e progredir sempre, tal é a lei."

"Fé inabalável só o é a que pode encarar frente a frente a razão, em todas as épocas da Humanidade".

"Fora da caridade não há salvação".

 

O estudo das obras de Allan Kardec é fundamental para o correto conhecimento da Doutrina Espírita.

 



Escrito por Josilene às 23:32:45
[] [envie esta mensagem]



Espiritismo

 

O Espiritismo

O que revela:

Revela conceitos novos e mais aprofundados a respeito de Deus, do Universo, dos Homens, dos Espíritos e das Leis que regem a vida.

Revela, ainda, o que somos, de onde viemos, para onde vamos, qual o objetivo da existência terrena e qual a razão da dor e do sofrimento.

 

Qual a sua abrangência

Trazendo conceitos novos sobre o homem e tudo o que o cerca, o Espiritismo toca em todas as áreas do conhecimento, das atividades e do comportamento humanos.

Pode e deve ser estudado, analisado e praticado em todos os aspectos fundamentais da vida, tais como: científico, filosófico, religioso, ético, moral, educacional, social.

 

Pontos fundamentais

Deus é a inteligência suprema e causa primária de todas as coisas. É eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom.

O Universo é criação de Deus. Abrange todos os seres racionais e irracionais, animados e inanimados, materiais e imateriais.

Além do mundo corporal, habitação dos Espíritos encarnados (Homens), existe o mundo espiritual, habitação dos Espíritos desencarnados.

No Universo há outros mundos habitados, com seres de diferentes graus de evolução: iguais, mais evoluídos e menos evoluídos que os homens.

Todas as leis da Natureza são leis divinas, pois que Deus é o seu autor. Abrangem tanto as leis físicas como as leis morais.

O homem é um Espírito encarnado em um corpo material. O perispírito é o corpo semimaterial que une o Espírito ao corpo material.

Os Espíritos são os seres inteligentes da criação. Constituem o mundo dos Espíritos, que preexiste e sobrevive a tudo.

Os Espíritos são criados simples e ignorantes, evoluem intelectual e moralmente, passando de uma ordem inferior para outra mais elevada, até a perfeição, onde gozam de inalterável felicidade.

Os Espíritos preservam sua individualidade, antes, durante e depois de cada encarnação.

Os Espíritos reencarnam tantas vezes quantas forem necessárias ao seu próprio aprimoramento.

Os Espíritos evoluem sempre. Em suas múltiplas existências corpóreas podem estacionar, mas nunca regridem. A rapidez do seu progresso, intelectual e moral, depende dos esforços que faça para chegar à perfeição.

Os Espíritos pertencem a diferentes ordens, conforme o grau de perfeição a que tenham alcançado: Espíritos Puros, que atingiram a perfeição máxima; Bons Espíritos, nos quais o desejo do bem é o que predomina; Espíritos imperfeitos, caracterizados pela ignorância, pelo desejo do mal e pelas paixões inferiores.

 

As relações dos Espíritos com os homens são constantes, e sempre existiram. Os bons Espíritos nos atraem para o bem, nos sustentam nas provas da vida e nos ajudam a suportá-las com coragem e resignação. Os imperfeitos nos impelem para o mal. Jesus é o guia e modelo para toda a Humanidade. E a Doutrina que ensinou e exemplificou é a expressão mais pura da Lei de Deus.

A moral do Cristo, contida no Evangelho, é o roteiro para a evolução segura de todos os homens, e a sua prática é a solução para todos os problemas humanos e o objetivo a ser atingido pela humanidade.

O homem tem o livre-arbítrio para agir, mas responde pelas conseqüências de suas ações.

A vida futura reserva aos homens penas e gozos compatíveis com o procedimento de respeito ou não à Lei de Deus.

A prece é um ato de adoração a Deus. Está na lei natural, e é o resultado de um sentimento inato do homem, assim como é inata a idéia da existência do Criador.
A prece torna melhor o homem. Aquele que ora com fervor e confiança se faz mais forte contra as tentações do mal e Deus lhe envia bons Espíritos para assistí-lo. É este um socorro que jamais se lhe recusa, quando pedido com sinceridade.

 



Escrito por Josilene às 23:32:20
[] [envie esta mensagem]



DESCULPAS ESFARRAPADAS

Escutar uma destas frases significa que a coisa está feia pro seu lado:

  • ...meu primo tá precisando usar o telefone, me liga depois...
  • ...não é isso, o problema é que eu estou passando por um momento difícil...
  • ...a bateria do celular tá acabando, me liga depois...
  • ...ela viajou e mandou falar que só volta no ano que vem...
  • ...é que eu conheci uma pessoa, sabe como é né?
  • ...olhá só, depois a gente se fala...
  • ...Ahhh, eu não gosto muito de cinema não...
  • ...deixa eu ir ali rapidinho, depois a gente se vê ok?
  • ...hoje não vai dar...
  • ...ah não... Me dá você o seu telefone. Eu prefiro ligar...
  • ...eu estou mudando. Está sem telefone lá em casa...
  • ...o meu namorado também adora!
  • ...você é um super amigo!
  • ...você é como um irmão pra mim
  • ... ela é SÓ uma amiga! 


Escrito por Josilene às 22:57:30
[] [envie esta mensagem]



ASAS

Muito tempo atrás...depois do mundo ser criado e da vida completá- lo.. 
Houve num dia, numa tarde de céu azul e calor ameno, um encontro entre Deus e um de seus incontáveis anjos. Acredita? 
 Deus estava sentado, calado. Sob a sombra de um pé de jabuticaba.
Lentamente, sem pecado, Deus erguia suas mãos e colhia uma ou outra fruta. 
Saboreava sua criação negra e adocicada. Fechava os olhos e pensava.
Permitia-se um sorriso piedoso. Mantinha seu olhar complacente. 
Foi então que das nuvens um de seus muitos arcanjos desceu e veio em sua direção. Já ouviu a voz de um anjo? 
 É como o canto de mil baleias.
É como o pranto de todas as crianças do mundo. 
 É como o sussurro da brisa.
Ele tinha asas lindas....brancas, imaculadas. 
 Ajoelhou-se aos pés de Deus e falou:  
"Senhor...visitei sua criação como pediu. Fui a todos os cantos. Estive no sul, no norte. No leste e oeste. Vi e fiz parte de todas as coisas. Observei cada uma de suas criações humanas. E por ter visto vim ate o senhor..para tentar entender. Por que? Por que cada uma das pessoas sobre a terra tem apenas uma asa? Nos anjos temos duas...podemos ir até o amor que o senhor representa sempre que desejarmos. Podemos voar para a liberdade sempre que quisermos. Mas os humanos com sua única asa não podem voar. Não podem voar com apenas uma asa..." 
 Deus na brandura dos gestos, respondeu pacientemente ao seu anjo: 
 "Sim... eu sei disso. Sei que fiz os humanos com apenas uma asa..."
Intrigado, com a consciência absoluta de seu senhor o anjo queria  entender e perguntou:  
"Mas por que o senhor deu aos homens apenas uma asa quando são necessárias 
duas asas para se poder voar....para se poder ser livre?" 
Conhecedor que era de todas as respostas Deus não teve pressa para falar. 
Comeu outra jabuticaba, escura e suave. E então respondeu: 
 "Eles podem voar sim meu anjo. Dei aos humanos apenas uma asa para que eles pudessem voar mais e melhor que Eu ou vocês meus arcanjos.... Para voar, meu amigo, você precisa de suas duas asas... Embora livre, sempre estará sozinho. Talvez da mesma maneira que Eu... Mas os humanos...os humanos com sua única asa precisarão sempre dar as mãos para alguém a fim de terem suas duas asas. Cada um deles tem na verdade um par de asas....uma outra asa em algum lugar do mundo que completa o par. Assim eles aprenderão a se respeitar pois ao quebrar a única asa de outra pessoa podem estar acabando com as suas próprias chances de voar. Assim meu anjo, eles aprenderão a amar verdadeiramente outra pessoa... Aprenderão que somente se permitindo amar eles poderão voar. Tocando a mão de outra pessoa em um abraço correto e afetuoso eles poderão encontrar a asa que lhes falta...e poderão finalmente voar. Somente através do amor irão chegar até onde estou...da mesma forma que você meu anjo. E eles nunca....nunca estarão sozinhos quando forem voar." 
Deus silenciou em seu sorriso. 
 O anjo compreendeu o que não precisava ser dito. 

EU TE ANJO MUITO!!!!

 


Escrito por Josilene às 22:48:31
[] [envie esta mensagem]



"Não é porque os anjos são mais santos do que os homens ou os demônios que os faz anjos, mas porque eles não esperam santidade do outro, mas só de Deus" Willian Blake



Escrito por Josilene às 22:31:21
[] [envie esta mensagem]



Rosas vermelhas


Rosas vermelhas eram as suas favoritas, seu nome também era Rose. E todo ano seu marido as enviava, atadas com lindos enfeites. No ano em que ele morreu, as rosas foram entregues em sua porta. O cartão dizia: "Seja minha namorada", como nos anos anteriores.
Cada ano ele enviava suas rosas e o cartão sempre dizia: "Eu te amo mais este ano do que no ano passado. Meu amor por você sempre aumentará com o passar dos anos." Ela sabia que aquela seria a última vez que as rosas apareceriam. Ela pensava, "Ele encomendou as rosas adiantado". Seu amado marido não sabia que ele iria... Ele sempre gostou de preparar as coisas com antecedência. Pois, se estivesse muito ocupado, tudo funcionaria perfeitamente.

Ela ajeitou as flores e colocou-as num vaso especial. E depois, colocou o vaso ao lado do retrato sorridente dele. Ela sentaria por horas na cadeira favorita dele. Enquanto olhava para sua fotografia e as rosas lá !

Um ano havia passado e tinha sido difícil viver sem seu companheiro. Em solidão e isolamento havia sido transformado seu destino. E então, na mesma hora de sempre, como no Dia dos Namorados anterior a campainha tocou, e lá estavam as rosas, esperando em sua porta.

Ela levou-as para dentro e as olhou chocada. Então, foi ao telefone para ligar para a floricultura. O dono atendeu e ela perguntou-lhe se poderia explicar : Por que alguém faria isso com ela causando tanta dor ?"Eu sei que seu marido faleceu a mais de um ano" O dono disse, "eu sabia que ligaria e quereria saber. As flores que recebeu hoje foram pagas adiantadas. Seu marido sempre planejou adiante, ele não deixava nada imprevisto.
Existe um pedido que eu tenho arquivado aqui! E ele pagou adiantado, você vai recebê-las todos os anos. E tem outra coisa que você deveria saber : Ele escreveu um pequeno cartão especial...ele fez isso no ano passado. E como eu descobri que ele não estaria mais aqui! Aí está o cartão...ele deveria ser mandado a você no próximo ano."

Ela agradeceu e desligou, e suas lágrimas caíram copiosamente! Seu dedos tremiam, enquanto avançava devagar para pegar o cartão!
Lá dentro, ela viu que ele havia escrito uma mensagem. Então, em silêncio total, ela viu o que ele havia escrito...
"Oi, meu amor, eu sei que faz um ano que eu me fui, eu espero que não tenha sido tão ruim pra você superá-lo! Eu sei que deve estar solitária e que a dor é grande. Mas se fosse diferente, eu sei como eu me sentiria o amor que nós tivemos fez a minha vida ser maravilhosa. Eu amei você mais do que as palavras podem dizer, você foi a esposa perfeita. Você foi amiga e amante e me deu tudo o que precisei. Eu sei isto foi há apenas um ano, mas por favor tente não ficar triste. Eu quero que você seja feliz, mesmo quando banhada em lágrimas. Por isso é que as rosas serão enviadas durante anos. Quando você recebê-las, pense na felicidade, Que tivemos juntos, e como fomos abençoados. Eu sempre amei você e sei que sempre vou amá-la. Mas, meu amor, você tem que continuar, você ainda está viva. Por favor...tente achar a felicidade, enquanto vive o resto dos seus dias. Eu sei que não é fácil, mas eu espero que ache algum modo. As rosas irão todos os anos, e só irão parar, Quando sua porta não mais atender, quando o entregador parar de bater. Ele irá cinco vezes nesse dia, caso você tenha saído Mas depois desta última visita, quando ele não tiver mais dúvidas, Ele levará as rosas ao lugar onde eu o instrui e colocará as rosas onde nós estaremos juntos novamente.

Algumas vezes na vida você encontra um amigo especial. Alguém que muda sua vida apenas fazendo parte dela. Alguém que faz você rir sem parar, Alguém que faz você acreditar que existe algo bom no mundo, Alguém que convence você que realmente existe uma porta aberta, Apenas esperando para ser aberta por você.

Colaboração Bianca Asti SP

 



Escrito por Josilene às 22:22:14
[] [envie esta mensagem]



"R"

have a nice day!



Escrito por Josilene às 01:43:27
[] [envie esta mensagem]



Frejat - Por Você

Por você eu dançaria tango no teto,
Eu limparia os trilhos do metrô,
Eu iria a pé do Rio a Salvador...

Eu aceitaria a vida como ela é,
Viajaria a prazo pro inferno,
Eu tomaria banho gelado no inverno.

Por você... Eu deixaria de beber,
Por você... Eu ficaria rico num mês,
Eu dormiria de meia pra virar burguês.

Eu mudaria até o meu nome,
Eu viveria em greve de fome,
Desejaria todo o dia a mesma mulher...

Por você... Por você...
Por você... Por você...

Por você,

Eu conseguiria até ficar alegre,
Pintaria todo o céu de vermelho,
Eu teria mais herdeiros que um coelho.

Eu aceitaria a vida como ela é,
Viajaria à prazo pro inferno,
Eu tomaria banho gelado no inverno.

Eu mudaria até o meu nome,
Eu viveria em greve de fome,
Desejaria todo o dia a mesma mulher.

Por você... Por você...
Por você... Por você...

Eu mudaria até o meu nome,
Eu viveria em greve de fome,
Desejaria todo o dia a mesma mulher...




Escrito por Josilene às 01:20:21
[] [envie esta mensagem]



Não polua os seus relacionamentos

 

O ser humano precisa chegar a uma situação limite para perceber que é responsável pela catastrófica situação do meio ambiente.

Se hoje vivemos um profundo desequilíbrio ecológico, com tantas conseqüências desagradáveis e até mesmo fatais é porque não estivemos atentos à nossa participação no processo. Quem é mais consciente e civilizado já compreendeu que cada um deve colaborar fazendo a sua parte: não jogando lixo na rua, respeitando a natureza e os outros seres humanos. Outras pessoas, menos esclarecidas ou mais individualistas, não estão nem um pouco preocupadas com o destino do planeta, nem da humanidade. Por mais que obtenham informações, não mudam o hábito e continuam agindo de uma forma bem ignorante.

E algo parecido também acontece nos relacionamentos. Muita gente não percebe que suas palavras e atitudes podem poluir, podem ferir, provocando um verdadeiro caos. Por isso, é fundamental que você preste atenção naquilo que comunica: morda a língua antes de falar algo desagradável ou grosseiro. Diante dos sentimentos de raiva ou quando tiver vontade de criticar, pense bem antes de despejar o seu baixo astral em cima dos outros. Talvez você tenha sido treinado para ser um coitadinho, sentindo-se vítima quando mal tratado. Parece que você é sempre o inocente e os outros são sempre os culpados. “Eu sou o melhor e você é o pior!” Há quem manipule o tempo todo as informações, mentindo e omitindo, tudo para fazer de conta que o bem está consigo e o mal com o outro. E isso só será resolvido quando aprendermos a ser mais honestos, reconhecendo nosso lado escuro e mal resolvido; quando tivermos a capacidade de entender quanto lixo emocional carregamos dentro de nós.

Qualquer casa precisa de faxinas sistemáticas, caso contrário ficará bem suja e bagunçada. E as relações não são diferentes. Não é possível que um relacionamento tenha saúde se não passa por uma limpeza constante. Isso significa detectar o que serve ou não para os dois; a coragem de ser sincero e dizer o que sente e pensa, sem que isto signifique desrespeito. Faça-o com afeto. Se você não tiver disposição para uma comunicação transparente e cuidadosa não existe a possibilidade de viver feliz com alguém.

O que temos chamado de civilização nos levou a um grande egoísmo e não iremos nos realizar desta forma. Por isso, se você pretende sair desse canal e participar de relacionamentos mais leves e saudáveis, comece sua mudança evitando jogar o próprio lixo emocional sobre os outros.

http://www.mudancadehabito.com.br/



Escrito por Josilene às 20:19:00
[] [envie esta mensagem]



Ficará aqui para vc poder ler sempre que precisar: Aprendendo com a vida


Depois de algum tempo você
 aprende a diferença, a  sutil
 diferença entre dar 
a mão e acorrentar uma alma

E você aprende que amar não 
significa apoiar-se, 
e que companhia nem 
sempre significa segurança.


E começa a aprender que 
 beijos não são 
contratos e presentes 
não são promessas.

E começa a aceitar suas derrotas 
com a cabeça erguida e 
 olhos adiante, com a graça 
de um adulto e não com 
a tristeza de uma criança.


E aprende a construir todas 
as suas estradas no hoje,
 porque o terreno do 
amanhã é incerto 
demais para os 
planos,e o futuro 
tem o costume de
 cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende 
que o sol queima se ficar 
exposto  por muito tempo. 


E aprende que não importa 
o quanto você se 
 importe, algumas pessoas 
simplesmente não se importam...

E aceita que não importa quão 
boa seja uma pessoa, 
ela vai feri-lo de vez em  
quando e você precisa 
perdoá-la,  por isso.


Aprende que falar pode aliviar 
dores emocionais.

Descobre que se leva anos 
para se construir  confiança e apenas 
segundos para destruí-la, 
e que você pode fazer 
coisas em um instante, 
das quais se arrependerá 
pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades 
continuam a crescer mesmo 
a longas distâncias.

E o que importa não é o que 
você tem na vida, mas 
quem você tem na vida.


E que bons amigos são a família 
que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar 
de amigos se compreendemos 
que os amigos mudam, e 
percebe que seu melhor 
amigo e você podem 
fazer qualquer coisa, 
ou nada, e terem bons
 momentos juntos.


Descobre que as pessoas 
com quem você mais se 
importa na vida são 
tomadas de você 
muito depressa,por
 isso sempre devemos 
deixar  as pessoas 
que amamos com 
palavras amorosas.
Pode ser a última vez que 
as vejamos.

Aprende que as circunstâncias 
e os ambientes têm 
influência sobre nós, mas 
nós somos responsáveis 
por nós mesmos.


Começa a aprender que não deve 
se comparar com os outros, 
mas como melhor 
que você pode ser.

Descobre que leva muito 
tempo para se tornar 
a pessoa que se 
quer ser, e que o 
tempo é curto.

Aprende que não importa onde 
 já chegou,  mas onde 
está indo, mas se você
 não sabe para onde
 está indo, qualquer 
lugar serve.

Aprende que, ou você controla 
seus atos ou eles o 
controlarão, e que 
ser flexível não significa ser 
fraco ou não ter personalidade, 
pois não importa  quão 
delicada e frágil seja uma 
situação, sempre existem 
dois lados.


Aprende que heróis são 
pessoas que fizeram 
o que era necessário fazer, 
enfrentando as conseqüências.

Aprende que paciência 
requer muita prática.


Descobre que algumas vezes 
a pessoa que você 
espera que o chute 
quando você cai 
é uma das poucas que o 
ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade 
tem mais a ver com os tipos 
de experiência que 
se teve e o que você 
aprendeu com elas 
do que com 
quantos aniversários 
você celebrou.


Aprende que há mais dos 
seus pais em você 
do que você supunha.

Aprende que nunca se deve 
dizer a uma criança que 
sonhos são bobagens, poucas 
coisas são tão humilhantes 
e seria uma tragédia se ela 
acreditasse nisso.


Aprende que quando está com 
raiva tem o direito
 de estar com raiva, 
mas isso não te dá 
o direito de ser cruel.

Descobre que só porque alguém 
não o ama do jeito que você quer 
que ame, não significa que esse 
alguém não o ama com tudo o 
que pode, pois existem
pessoas que nos amam, 
mas simplesmente não sabem 
como demonstrar ou viver isso.


Aprende que nem sempre 
é suficiente ser 
perdoado por alguém, 
algumas vezes você 
tem que aprender 
a perdoar a si mesmo.

Aprende que com a mesma 
severidade com 
que julga, você será 
em algum 
momento condenado.


Aprende que não importa 
em quantos pedaços seu 
coração foi partido, 
o mundo não pára para
 que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo 
que possa voltar para trás.


Portanto, plante seu jardim 
e decore sua alma, em 
vez de esperar que 
alguém lhe traga flores.

E você aprende que, 
realmente pode suportar... 
que realmente é forte, 
e que pode ir muito mais longe 
depois de pensar 
que não agüenta mais.


E que realmente a vida 
tem valor e que 
você tem valor diante da vida!

"Nossas dádivas são traidoras 
e nos fazem perder 
o bem que poderíamos 
conquistar, se não 
fosse o medo de tentar."

WILLIAM SHAKESPEARE

 



Escrito por Josilene às 20:07:03
[] [envie esta mensagem]



Jota Quest - Só Hoje

Jota Quest - Só Hoje
by Jota Quest

Só Hoje -- JotaQuest

Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito 
Nem que seja só pra te levar pra casa 
Depois de um dia normal 
Olhar teus olhos de promessas fáceis 
Te beijar a boca de um jeito que te faça rir 
Hoje eu preciso te abraçar 
Sentir teu cheiro de roupa limpa 
Pra esquecer os meus anseios e dormir em paz 
Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua 
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria

Em estar vivo 
Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar

Me dizendo que eu sou causador da tua insônia 
Que eu faço tudo errado sempre 
Hoje preciso de você 
Com qualquer humor, com qualquer sorriso 
Hoje só tua presença 
Vai me deixar feliz 
Só hoje


Escrito por Josilene às 00:32:45
[] [envie esta mensagem]



"o meu meio de campo"

Encontrei meu meio de campo em plena madrugada na net, ele estava no trabalho e eu trabalhando meus textos para a editora em casa.

A primeira coisa q ele me perguntou foi se eu acreditava em Anjos...  pra vc, "R", sei q me dará sorte!

Do filme Cidade Dos Anjos - Sarah Mclachlan - Angel

Spend all your time waiting
for that second chance
for a break that would make it okay
there's always some reason
to feel not good enough
and it's hard at the end of the day
I need some distraction
oh beautiful release
memories seep from my veins
let me be empty
oh and weightless and maybe
I'll find some peace tonight

In the arms of the angel
fly away from here
from this dark cold hotel room
and the endlessness that you fear
you are pulled from the wreckage
of your silent reverie
you're in the arms of the angel
may you find some comfort here

So tired of the straight line
and everywhere you turn
there's vultures and thieves at your back
and the storm keeps on twisting
you keep on building the lines
that you make up for all that you lack
it don't make no difference
escaping one last time
it's easier to believe in this sweet madness oh
this glorious sadness that brings me to my knees

In the arms of the angel
fly away from here
from this dark cold hotel room
and the endlessness that you fear
you are pulled from the wreckage
of your silent reverie
you're in the arms of the angel
may you find some comfort here
you're in the arms of the angel
may you find some comfort here

Sarah Mclachlan - Angel (tradução)
by Sarah Mclachlan

Gasta todo seu tempo esperando
Por aquela segunda chance,
Por uma oportunidade que deixaria tudo bem
Sempre há um motivo
Para não se sentir bem o suficiente.
E é difícil no fim do dia,
Eu preciso de alguma distração.
Oh, belo descanso
A lembrança vaza das minhas veias...
Deixe-me ficar vazia
E sem peso e talvez
Eu encontrarei alguma paz esta noite.

CHORUS
Nos braços de um anjo,
Voe para longe daqui,
Deste escuro e frio quarto de hotel
E da imensidão que você teme.
Você é arrancado das ruínas
De seu devaneio silencioso.
Você está nos braços de um anjo,
Que você encontre algum conforto lá

Tão cansado da linha reta,
E para todo lugar que você se vira
Existem abutres e ladrões nas suas costas,
E a tempestade continua se retorcendo.
Você continua construindo a mentira
Que você inventa por causa de tudo que você não tem
Não faz nenhuma diferença
Escapar uma última vez.
É mais fácil acreditar nesta doce loucura, oh
Esta gloriosa tristeza que me deixa de joelhos.

CHORUS

Você está nos braços de um anjo.
Que você encontre algum conforto aí.


 



Escrito por Josilene às 00:26:57
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]